Você está aqui: Página Inicial > Notícias > Pólo Industrial de Manaus registra faturamento recorde em janeiro

Notícias

Pólo Industrial de Manaus registra faturamento recorde em janeiro

Foram US$ 2,171 bilhões neste ano, contra US$ 1,706 bilhão em janeiro de 2007.
publicado: 14/03/2008 00h00 última modificação: 25/07/2016 17h06

O Pólo Industrial de Manaus (PIM) iniciou 2008 registrando faturamento recorde para um mês de janeiro. Foram US$ 2,171 bilhões neste ano, contra US$ 1,706 bilhão em janeiro de 2007. O resultado, 27,30% maior, faz parte dos indicadores de desempenho do PIM, divulgados nesta sexta-feira (dia 14) pela Superintendência da Zona Franca de Manaus (SUFRAMA). A expectativa da autarquia é que o mercado interno continue aquecido e o pólo mantenha sua trajetória de crescimento observada nos últimos anos.

As exportações também contabilizaram alta. Na comparação entre o primeiro mês de 2008 com o mesmo período do ano passado, a indústria vendeu 31,75% mais, passando de US$ 70,150 milhões para US$ 92,422 milhões. O resultado mostra que o parque fabril está se reorganizando para recuperar o volume de negócios perdido com a saída de linhas de telefones celulares para exportação após 2005. Naquele ano, elas chegaram a US$ 2,021 bilhões e os aparelhos celulares responderam por metade das vendas para o exterior.

Com relação a geração de empregos, o PIM continua mantendo aproximadamente 100 mil trabalhadores diretamente nas linhas de produção, além de outros cerca de 400 mil de forma indireta. Nos indicadores de janeiro estão anotadas 99.991 vagas ocupadas. Em relação ao número de dezembro (101.023 empregos diretos), a queda se deve a base menor de empresas informantes utilizada para a composição dos indicadores em janeiro e ao desligamento de funcionários.

No fim de ano é comum a dispensa, por exemplo, de trabalhadores temporários, selecionados pela indústria para reforçar a produção voltada às vendas de Natal. A expectativa da direção da SUFRAMA, entretanto, é que o aumento na oferta de empregos cresça já no primeiro trimestre. Entre os fatores que apontam para isso está o ingresso de novas fábricas, algumas no pólo de duas rodas, um dos que mais cresce no PIM, o aquecido mercado interno e por esse ser um ano de Jogos Olímpicos, que eleva a venda de produtos como TVs.

Para o restante do ano, a popularização do set-top box (conversor de sinal digital para TVs) também exigirá maior produção do segmento instalado no PIM, conseqüentemente mais mão-de-obra empregada nas linhas de produção.

Produção
Os fabricantes de motocicletas continuam comemorando bons resultados. Juntos compõem um dos segmentos que vem puxando o faturamento do Pólo Industrial de Manaus. A produção de motos neste início de ano cresceu 29%. Saltou de 156.826 unidades em janeiro de 2007 para 202.423 unidades em janeiro de 2008.

Também passaram a produzir mais os fabricantes de televisores com tela de cristal líquido (LCD) – 499,90% mais, alcançando a marca de 109.523 unidades em janeiro; de rádios e aparelhos reprodutores e gravadores de áudio (aumento de 347%); de auto-rádio e aparelhos reprodutores de áudio (crescimento de 133%); de CD (alta de 75%); telefone celular (mais 45%); os fabricantes de set-top box (produção 28% maior); de monitores com tela de LCD para uso em informática (mais 22,91%); relógios de pulso e bolso (crescimento de 19%); e de aparelhos de barbear (alta de 3%).

Outros produtos registraram em janeiro queda de produção devido à substituição dos mesmos por versões tecnologicamente mais modernas, como é o caso dos televisores e monitores para computador de CRT (cinescópio), que estão sendo superados pelos aparelhos com tela de LCD.

Em outros casos, produtos antes em queda estão tendo produção retomada após o Governo Federal ter adotado medidas como adequação de Processo Produtivo Básico (PPB), que os tornaram mais competitivos. Neste caso se enquadra a indústria de condicionadores de ar. Também há situações em que segmentos registraram vendas atípicas em janeiro do ano passado por terem sido fomentadas por programas federais, como o que foi voltado à popularização de computadores pessoais.

registrado em: , ,