Você está aqui: Página Inicial > Notícias > Polo Naval do Amazonas é destaque em Feira no Rio de Janeiro

Notícias

Polo Naval do Amazonas é destaque em Feira no Rio de Janeiro

Comitiva do Amazonas na Exponaval conta com representantes da SUFRAMA e da Seplan/AM.
por Enock Nascimento publicado: 15/10/2012 16h42 última modificação: 14/03/2016 15h41

A implantação de um Polo Naval na Zona Franca de Manaus chamou a atenção de visitantes na abertura da 24ª edição do Congresso Nacional de Transporte Aquaviário, Construção Naval e Offshore (Exponaval). O evento, promovido pela Sociedade Brasileira de Engenharia Naval (Sobena), vai até sexta-feira (19), no Rio de Janeiro, com o tema “Sobena: Cinquenta anos dedicados ao desenvolvimento da engenharia”, em homenagem às cinco décadas de existência da entidade.

Empresários, profissionais do setor e, principalmente, estudantes de engenharia fizeram do estande do Amazonas - parceria entre a Superintendência da Zona Franca de Manaus (SUFRAMA), Secretaria de Estado de Planejamento e Desenvolvimento Econômico (Seplan-AM) e Serviço de Apoio a Micro e Pequena Empresa (Sebrae) – um dos mais visitados no primeiro dia do evento. A maioria dos visitantes queria tirar dúvidas a respeito dos incentivos fiscais concedidos na Zona Franca e como eles impactam a implantação do Polo Naval do Amazonas.

A curiosidade despertada pela consolidação da indústria de navegação no Estado é reflexo do bom momento pelo qual o segmento passa no País. “Nesses 50 anos de Sobena, hoje é o melhor momento da história do setor naval do País”, frisou o presidente da Sociedade, Alceu Mariano. Ele acrescentou que, além de conseguir atender à demanda interna, o setor se prepara para ser forte e competitivo no mercado internacional. “Queremos que o fato de produzir no Brasil seja uma vantagem e não um limitador”, frisou.

Programação
O estande do Amazonas está localizado no terceiro andar da Federação das Indústrias do Rio de Janeiro (Firjan), sede do evento. Cerca de 30 empresas do setor naval estão presentes na Exponaval 2012. Além delas , há estandes de estaleiros, indústrias offshore, fornecedoras de componentes e serviços e de instituições de ensino e pesquisa do setor naval.

Paralelamente à feira ocorre o congresso técnico. Em destaque, a apresentação de seis painéis com os temas: Transporte hidroviário: uma alternativa de mobilidade urbana; A indústria naval brasileira e o conteúdo nacional; Eficiência energética: um caminho para reduzir os impactos ao meio ambiente marinho; Situação atual do sistema portuário brasileiro; e Engenharia naval militar no Brasil.

As sessões técnicas envolvendo a apresentação de 89 trabalhos selecionados pelo comitê técnico do congresso serão realizadas nas manhãs dos dias 16, 17 e 18. A programação diária é distribuída por cinco sessões paralelas, compreendendo 23 sessões técnicas.

Um dos destaques da programação de terça-feira, dia 16, é a palestra do professor emérito de arquitetura naval do Instituto de Tecnologia de Massachusetts (EUA) sobre cálculo de efeitos de onda para navios e estruturas offshore. Este trabalho garantiu ao professor a vitória no prêmio “Sobena International Award”.

Durante o evento também ocorrerá a eleição para a formação da nova diretoria da Sobena para o biênio de janeiro de 2013 a dezembro de 2014.