Você está aqui: Página Inicial > Notícias > Prefeitura de Manaus e SUFRAMA acertam agenda positiva para 2014

Notícias

Prefeitura de Manaus e SUFRAMA acertam agenda positiva para 2014

Entres os temas discutidos está a cessão de terrenos no Distrito Industrial para obras públicas.
publicado: 16/12/2013 17h17 última modificação: 16/02/2016 11h29

O prefeito de Manaus, Arthur Virgílio Neto, esteve nesta segunda-feira (16) na sede da SUFRAMA para acertar detalhes de uma agenda positiva com a autarquia federal para o ano de 2014. Entres os temas discutidos estiveram a remoção de famílias de área de risco na região conhecida como “Parque Mauá”, a ocupação do calçadão da avenida Ministro João Gonçalves com atividades públicas de lazer e esporte, a utilização de recursos de Pesquisa e Desenvolvimento (P&D) no desenvolvimento de softwares para o município e a cessão de terrenos no Distrito Industrial para obras públicas.

“O superintendente da SUFRAMA, Thomaz Nogueira, esteve recentemente conosco no Palácio Rio Branco e vim retribuir a visita, na construção de uma pauta conjunta”, disse Virgílio. Um dos primeiros assuntos discutidos foi o “Parque Mauá”, área localizada na zona Sul da cidade, dentro do Distrito Industrial, onde existem casas em encostas, que podem desmoronar a qualquer momento. “Não se pode morar ali. No Parque Mauá, sinal de chuva é sinal de morte. Vamos conversar, com apoio da SUFRAMA e do governo do Amazonas, para alocar as famílias dali no conjunto ‘Viver Melhor’, afastando-as do perigo”, explicou Virgílio.

Thomaz Nogueira lembrou que a autarquia quer colaborar com a Prefeitura para dar uma destinação ao calçadão da avenida Ministro João Gonçalves, conhecido como “calçadão da SUFRAMA”. O local foi urbanizado com recursos federais e da Prefeitura, mas não recebe atividades do Poder Público Municipal. “Sem manutenção ou fiscalização das atividades ali desenvolvidas, a população se afasta. É preciso um esforço para recolocar o calçadão como opção de lazer da família”, explicou Nogueira. O prefeito prometeu reunir com os órgãos municipais responsáveis pela limpeza pública e pelo esporte e lazer, para “retomar” o local.

Pesquisa
O crescimento do segmento Eletroeletrônico no Polo Industrial de Manaus (PIM) fez crescer, proporcionalmente, os recursos disponíveis para P&D. Pela Lei, 5% do faturamento das empresas com produtos classificados como “Bens de Informática” devem ser aplicados em Pesquisa & Desenvolvimento e o prefeito de Manaus questionou a SUFRAMA sobre como pode acessar estes valores para o desenvolvimento de softwares de gestão escolar e de controle das finanças do município. “Queremos avançar nesta área”, disse Virgílio.

O prefeito de Manaus destacou ainda que deverá definir, em breve, o que será construído em terrenos doados pela SUFRAMA no Distrito Industrial de Manaus. “Queremos fazer o melhor uso possível do que foi cedido. Vamos nos reunir em janeiro com as secretarias de educação e de saúde para definir onde vai ser creche e onde vai ser unidade de saúde”, disse Virgílio.

O superintendente da SUFRAMA e o prefeito falaram ainda da necessidade de atrair a iniciativa privada para estas ações. “As empresas da Zona Franca também podem contribuir. Conservando seu entorno, por exemplo. Vamos somar esforços e tirar as ideias do papel, vamos fazer caminhar em 2014”, resumiu o superintendente Thomaz Nogueira.