Você está aqui: Página Inicial > Notícias > Presidente da Sony confirma produção do PS3 em Manaus em 2013

Notícias

Presidente da Sony confirma produção do PS3 em Manaus em 2013

Console é um dos mais populares do mundo e produção nacional reforça participação da empresa no Brasil.
por Diego Queiroz publicado: 08/11/2012 16h13 última modificação: 10/03/2016 11h32

A produção do console Playstation 3 no Polo Industrial de Manaus (PIM) deve ser iniciada pela Sony Brasil no primeiro semestre de 2013. A informação foi dada pelo presidente da empresa no Brasil, Osamu Miura, durante visita ao superintendente da Zona Franca de Manaus, Thomaz Nogueira, na sede da SUFRAMA, nesta quinta-feira (8).

Acompanhado do vice-presidente da Sony Brasil, também diretor da fábrica de Manaus, Hajime Ushida, e da gerente de relações externas da empresa, Márcia Miya, Miura explicou que a Sony vai divulgar o mês exato da produção do console assim que forem definidas as estratégias de utilização de insumos e do cumprimento de etapas do Processo Produtivo Básico (PPB).

Na reunião, da qual participaram também o superintendente adjunto de Projetos da SUFRAMA, Gustavo Igrejas, e o assessor especial do gabinete, Oldemar Ianck, foram discutidos ainda planos de negócios da gigante japonesa em outros nichos de produção em Manaus nos próximos anos. “Estamos presentes em Manaus há 23 anos e nossa meta é continuar realizando e diversificando investimentos em nossa fábrica no PIM. O Brasil hoje representa um mercado muito significativo para a Sony e queremos trabalhar para que, em médio prazo, possamos recuperar e fortalecer cada vez mais nossa posição no mercado”, destacou Miura.

O superintendente da SUFRAMA, Thomaz Nogueira, se disse satisfeito com a confirmação do investimento da Sony em Manaus para produção do Playstation 3 e afirmou que a autarquia está à disposição para colaborar no que for necessário para atrair cada vez mais investimentos e novos produtos da empresa para o PIM. “O modelo ZFM tem segurança jurídica e competitividade. Dessa forma, a Sony e outras empresas têm que ver Manaus cada vez mais como uma porta de entrada vantajosa no mercado brasileiro”, pontuou.

registrado em: , ,