Você está aqui: Página Inicial > Notícias > Produtos regionais são destaque no Encomex 2010 Manaus

Notícias

Produtos regionais são destaque no Encomex 2010 Manaus

Em meio à programação abrangente de atividades realizadas ao longo da tarde de hoje, que incluiu oficinas setoriais e palestras, o destaque maior ficou por conta do showroom com produtos regionais, no Espaço do Exportador.
por Diego Queiroz publicado: 08/04/2010 00h00 última modificação: 06/05/2016 12h33

A 140ª edição do Encontro de Comércio Exterior (Encomex) começou nesta quinta-feira, 8, em Manaus, no Studio 5 Centro de Convenções, reunindo empresários, técnicos de governo, estudantes e profissionais da área em um ambiente único de aprendizado e vivência do comércio exterior brasileiro. Em meio à programação abrangente de atividades realizadas ao longo da tarde de hoje, que incluiu oficinas setoriais e palestras, o destaque maior ficou por conta do showroom com produtos regionais, no Espaço do Exportador.

O showroom funciona como uma vitrine na qual 20 micro e pequenas empresas do Estado do Amazonas estão tendo a oportunidade de expor seus produtos e realizar contatos comerciais com o intuito de iniciar ou, em alguns casos, fomentar as vendas ao exterior. Entre as 20 empresas expositoras, algumas já exportam e outras ainda buscam dar o primeiro passo no desafiador mercado internacional. Todas, contudo, contam com produtos feitos e inspirados a partir de insumos amazônicos e com grande potencial exportador.

A Oiram Chocolates e Sabores do Amazonas, com 12 anos de atuação em Manaus, é uma das empresas interessadas em expandir o seu mercado. A companhia fabrica bombons, licores e geléias com sabores de frutas da região (cupuaçu, açaí, araçá-boi e bacuri) e embalagens artesanais, feitas com palha de buriti e semente de açaí. Segundo o proprietário da empresa, Mário Oiram Fogaça, a Oiram já recebeu convites para a comercialização dos seus produtos em outros países, em especial na Europa.

“Estamos passando por um processo de formatação de franquias no mercado nacional e certificação dos produtos, o que deve ser concluído nos próximos seis meses. Após esse processo, vamos intensificar as negociações para tentar viabilizar as exportações”, indicou Fogaça. “Participar do Encomex tem sido importante principalmente para realizar contatos e interagir com outros micro e pequenos empresários da região”, complementou.

Outra micro e pequena empresa amazonense que despertou o interesse de mercados estrangeiros é a recém-criada Sabores da Floresta. A empresa se instalou no Centro de Desenvolvimento e Incubação Empresarial (Cide) em outubro do ano passado e, algumas semanas depois, foi convidada para participar da quinta edição da Feira Internacional da Amazônia (FIAM 2009). Segundo o sócio-proprietário da companhia, Marcos Agra, a participação na FIAM potencializou a marca da Sabores da Floresta tanto no mercado interno quanto no mercado externo, gerando o interesse de representantes comerciais de países como Espanha, Portugal, Índia e Alemanha. A linha de produtos tem como principal destaque a pimenta Murupi, cuja produção atualmente chega a 300 vidros (de 150 ml cada) por dia. O processo de fabricação é abastecido integralmente com insumos comprados de cooperativas instaladas em Manaus e nos municípios do Interior do Estado.

Agra aproveitou a vitrine do Encomex 2010 para anunciar o lançamento da pimenta murupi em pó, além da geléia e do patê da pimenta murupi, o que deve ser feito até o final deste mês. “Estamos muito satisfeitos com o convite para participar desse evento, sobretudo pelo espaço válido para divulgação dos nossos produtos. Vamos aproveitar todas as atividades também para compreender o processo de exportações e ficarmos cada vez mais atualizados e informados sobre as ferramentas e técnicas do comércio exterior”, afirmou.

O Encomex 2010 prossegue nesta sexta-feira, das 9h às 19h, com novo dia de exposições institucionais e de produtos regionais no Espaço do Exportador, oficinas temáticas, palestras e encontros de prospecção de negócios. A participação é gratuita e aberta à comunidade, devendo apenas ser feito o credenciamento no setor de recepção do evento.

Promovido pelo Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior (MDIC), o Encomex 2010 Manaus conta com a parceria da Superintendência da Zona Franca de Manaus (SUFRAMA), Banco do Brasil, Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos (Apex-Brasil), Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae), Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), Federação das Indústrias do Estado do Amazonas (Fieam) e Centro das Indústrias do Estado do Amazonas (Cieam), entre outros órgãos.