Você está aqui: Página Inicial > Notícias > Projeções otimistas para o Polo Industrial de Manaus no final de 2010

Notícias

Projeções otimistas para o Polo Industrial de Manaus no final de 2010

Declarações foram dadas pelo superintendente adjunto de projetos da SUFRAMA, Oldemar Ianck, à agência de notícias alemã “Germany Trade & Invest”.
por Diego Queiroz publicado: 22/10/2010 00h00 última modificação: 29/04/2016 12h36

Em entrevista na manhã desta sexta-feira (22) à agência de notícias da República Federal da Alemanha “Germany Trade & Invest”, voltada à divulgação de oportunidades de negócios no exterior para empresários daquele país, o superintendente adjunto de projetos da SUFRAMA, Oldemar Ianck, confirmou a expectativa de que o Polo Industrial de Manaus (PIM) feche 2010 com faturamento recorde de aproximadamente US$ 33 bilhões, resultado que seria 10% superior ao ano de 2008, o qual registrou pico nos resultados de produção e faturamento da Zona Franca de Manaus.

Próximo da realização da 247ª reunião ordinária do Conselho de Administração da SUFRAMA (CAS), que ocorrerá no próximo dia 4 de novembro, o superintendente também destacou que os investimentos em projetos industriais de implantação, diversificação, ampliação e atualização no PIM devem chegar, ao final deste ano, a um volume de até US$ 800 milhões, o que configuraria um crescimento de aproximadamente 100% em relação aos US$ 401,534 milhões em investimentos fixos aprovados pelo CAS em todo o ano passado.

“A expectativa é de que neste ano o CAS aprove um volume de investimentos em torno de US$ 600 a US$ 800 milhões e, a partir do ano que vem, possamos voltar a superar o volume de US$ 1 bilhão em investimentos fixos, tal qual ocorria nos anos anteriores à crise econômica internacional”, afirmou Ianck. “A SUFRAMA sente-se muito honrada pelo interesse abrangente de investidores estrangeiros no PIM e estamos nos preparando cada vez mais para buscar melhorias em infraestrutura, logística e outras áreas sensíveis a fim de atrair continuamente novos negócios estratégicos para o modelo Zona Franca de Manaus”, completou.

registrado em: , ,