Você está aqui: Página Inicial > Notícias > Projetos de Selo Amazônico e Centro Tecnológico acompanham a última reunião do CAS

Notícias

Projetos de Selo Amazônico e Centro Tecnológico acompanham a última reunião do CAS

Conselho também analisará pauta com projetos de implantação, ampliação, atualização e diversificação.
publicado: 10/12/2010 00h00 última modificação: 28/04/2016 17h29

A 248ª reunião do Conselho de Administração da SUFRAMA (CAS), a última do ano, será realizada no dia 16 de dezembro, às 15h, na sede da autarquia com a aprovação de novos projetos industriais e de serviços. Pela manhã, às 9h, no Distrito Industrial (Rua A, acesso ao conjunto Nova República), a SUFRAMA lança a pedra fundamental do Parque Tecnológico do Centro de Ciência, Tecnologia e Inovação do Polo Industrial de Manaus (CT-PIM). O objetivo da obra é abrigar laboratórios para gerar competência tecnológica/empresarial em Microeletrônica e Microssistemas, compreendendo o ciclo de desenvolvimento e fabricação de Circuito Integrado (CI), Componente Microssistema (MST) e Produto Inteligente (PI).

À tarde, o Conselho avalia a última pauta de projetos do ano com destaques para os de implantação da Ripasa, para a prestação de serviços em refeições; Chalenger, para produção de fita adesiva; e da Kerry, para concentrados e base para bebidas não alcóolicas.

Entre os projetos de ampliação, atualização e diversificação os destaques são o da LG Eletrônics da Amazônia, para a dispositivo de cristal líquido de monitores de televisores; H-Buster da Amazônia, para produção de notebooks e subconjuntos para TV de cristal líquido; o da Technos, para armações de óculos; e Celan, para equipamentos profissionais de áudio.

Selo
Após a reunião do CAS, a SUFRAMA fará a apresentação do projeto do Selo Amazônico, encomendado pela autarquia para a Fundação Centro de Análise, Pesquisa e Inovação Tecnológica (Fucapi). O objetivo é o estabelecimento de um selo de procedência de matéria-prima, atestando critérios de qualidade, segurança, responsabilidade social e com o meio ambiente para produtos que utilizam insumos regionais da Amazônia Legal.