Você está aqui: Página Inicial > Notícias > Rebecca destaca reação da economia durante Codam

Notícias

Rebecca destaca reação da economia durante Codam

A reunião também foi marcada por ser a primeira a ser presidida pelo governador interino do Amazonas, David Almeida.
por Enock Nascimento publicado: 11/05/2017 17h40 última modificação: 11/05/2017 18h43

A superintendente Rebecca Garcia representou a SUFRAMA na 267ª reunião Conselho de Desenvolvimento do Estado do Amazonas (Codam), que ocorreu nesta quinta-feira (11), na sede do Governo, Zona Oeste de Manaus. Foram aprovados 28 projetos industriais com investimentos somados no valor de R$ 1,021 bilhão e que devem abrir 734 vagas no período de até três anos. A reunião também foi marcada por ser a primeira a ser presidida pelo governador interino do Amazonas, David Almeida.

Rebecca Garcia ressaltou que a SUFRAMA segue à disposição do governo estadual na busca pelo desenvolvimento sustentável e salientou que os investimentos aprovados no Codam e no Conselho de Administração da SUFRAMA (CAS) - cuja reunião também ocorreu hoje, em Macapá (AP) – sinalizam um processo de reação da economia brasileira. “As pautas de investimentos do Codam e do CAS, bem como a pesquisa do IBGE do mês de março, que mostrou que o Amazonas está liderando o reaquecimento industrial do Brasil, mostram que modelo Zona Franca de Manaus continua atrativo, o que significa que o trabalho feito está dando resultados e que a economia do País está reacendendo”, observou a superintendente.

O governador David Almeida também relacionou os investimentos aprovados no Codam como evidência da etapa de recuperação econômica. " O Amazonas foi o Estado mais afetado pela crise. Perdemos 9,1%, quase três vezes mais que a média nacional. Esses números do Codam mostram que estamos saindo do fundo do poço. Agora nosso desafio é trabalhar para que tenhamos melhores indicadores e melhores dias".

O secretário Estadual de Planejamento e Desenvolvimento Econômico, José Jorge Jr, destacou a parceria entre o governo estadual e a SUFRAMA na busca de soluções para questões como a aprovação de Processos Produtivos Básicos (PPBs).