Você está aqui: Página Inicial > Notícias > Reunião discute inserção de produtos peruanos no mercado regional

Notícias

Reunião discute inserção de produtos peruanos no mercado regional

Tema foi debatido durante visita de missão peruana ao Brasil.
por Diego Queiroz publicado: 23/09/2008 00h00 última modificação: 19/07/2016 10h34

A intensificação do fluxo comercial de produtos peruanos nos mercados consumidores dos estados do Amazonas, Acre e Rondônia foi o principal item discutido nesta terça-feira, 23, durante a primeira reunião de trabalho entre o representante do Ministério da Agricultura do Peru, Marco Umpire, o cônsul do Peru em Manaus, Rubem Blotte, e representantes da Superintendência da Zona Franca de Manaus (SUFRAMA) e do Governo do Estado do Amazonas.

A reunião, realizada na sede da SUFRAMA, estava entre as atividades previstas no primeiro dia da visita da missão de prospecção de mercado, proveniente do Peru, que chegou a Manaus ontem, 22, e cumpre na capital uma agenda repleta de debates, visitas técnicas a recintos alfandegários e a unidades do Pólo Industrial de Manaus (PIM) e reuniões com autoridades federais, estaduais e municipais até a próxima sexta-feira, 27. A missão peruana também cumpriu agenda, na última semana, em Rio Branco (AC) e Porto Velho (RO).

Durante a reunião de ontem, o representante do governo peruano, Marco Umpire, pôde, inicialmente, assistir a palestras sobre as diretrizes do modelo de desenvolvimento Zona Franca de Manaus (ZFM) e os aspectos sócio-econômicos do estado do Amazonas. Após as apresentações dos técnicos da SUFRAMA e da Secretaria de Estado do Planejamento e Desenvolvimento Regional (Seplan), Umpire deu prosseguimento ao intercâmbio de experiências e apresentou os indicadores de crescimento da economia peruana, destacando principalmente o bom momento vivido pelo comércio exterior do país andino, que acumula sete anos consecutivos de saldo positivo na balança comercial.

Segundo Umpire, há uma parceria bastante favorável em vigência entre os governos peruano e brasileiro e a intenção é aprofundar as relações comerciais, dando maior ênfase aos mercados da Região Amazônica. “Vemos o Brasil e a Amazônia, em especial, como grandes parceiros e mercados promissores”, destaca.

Durante a apresentação, o representante peruano elencou uma série de produtos agrícolas, como batata, cebola, alho, azeitona, orégano e azeite de oliva, com grande potencial de inserção no mercado regional. Segundo ele, o foco do trabalho do governo peruano está em selecionar inicialmente alguns destes produtos para intensificar a comercialização e fortalecer, progressivamente, as estratégias de integração entre os dois mercados. “Temos produtos com excelentes perspectivas de comercialização na região. Esta reunião, fruto da abertura comercial e da vontade de integração dos dois governos, é uma grande oportunidade, sobretudo, para a aproximação das classes empresarias”, complementa.

Segundo o coordenador-regional de planejamento e programação orçamentária da SUFRAMA, Emmanuel Sales, o Peru é exemplo no aproveitamento da biodiversidade regional e pode também representar uma alternativa para os problemas de logística na região, sobretudo se analisados os diversos portos disponíveis. “Esperamos que as negociações avancem, principalmente porque entendemos que, ao mesmo tempo em que os consumidores da região recebem produtos com qualidade e em maior oferta, contribuímos para o crescimento de um país vizinho e, portanto, parceiro do nosso”, destaca Sales.

Após a reunião na Suframa, a missão de prospecção de mercado peruana visitou, à tarde, a Federação das Indústrias do Estado do Amazonas (Fieam), onde realizou nova reunião de trabalho. Amanhã, os representantes peruanos cumprem o segundo dia da agenda em Manaus, que inclui palestras na sede da Suframa e visita à Aurora Estação Aduaneira Interior (EADI).

 

registrado em: ,