Você está aqui: Página Inicial > Notícias > Rodada de Turismo tem resultado positivo

Notícias

Rodada de Turismo tem resultado positivo

Participaram mais de 50 fornecedores de toda a região amazônica.
publicado: 15/09/2008 00h00 última modificação: 19/07/2016 12h11

Operadores de turismo nacionais e internacionais conheceram os produtos turísticos oferecidos por mais de 50 fornecedores de toda a região amazônica, durante a Rodada de Negócios de Turismo, realizada nesta sexta-feira, na Feira Internacional da Amazônia (FIAM 2008), que termina neste sábado (13). Entre os buyers (compradores) participantes, estavam empresas de São Paulo, Rio de Janeiro, Belo Horizonte, Brasília, Paraná, Miami e Itália.

"Foi muito bom. Encontramos novos fornecedores, muitos que ficam distantes e que não conhecíamos. Eles serão importantes para futuros negócios", disse o gerente comercial da região Norte da operadora CVC, Daniel Firmino. Como exemplo, o gerente citou a Moraistur, uma empresa de receptivo do Acre. "Estávamos sem contato de receptivos lá", disse.

A CVC possui 300 lojas em todo Brasil e também no exterior. 

 Cerca de 60% dos negócios da empresa são para destinos brasileiros. O Amazonas é o 16° destino mais trabalhado no País pela empresa, com uma média de 15 mil passageiros embarcados por ano, segundo Daniel Firmino. "É um número pequeno. No próximo ano queremos triplicar, explorando mais o mercado, reduzindo o preço das passagens, que é o principal impedimento para uma viagem até aqui", disse.

A representante da operadora Itaparica Tour, da Itália, Mariangela Arcieri, visitou pela primeira vez o Amazonas. "Eu não conhecia a maior parte dos fornecedores. É fundamental o operador conhecer os locais. Ele é a ponte entre o turista e o destino", disse. 

Ela comentou a importância da região para o turismo estrangeiro. "O interesse pela Amazônia é universal. Atualmente tem se falado muito da região na Itália, há muitas publicações e toda a discussão ambientalista", disse.

Pela manhã, 25 buyers  se reuniram com 30 fornecedores de serviços turísticos (hotéis, empresas receptivas, entre outros); à tarde os números foram de 18 e 24, respectivamente, segundo a coordenadora da Rodada e diretora executiva do Amazonas Convention & Visitors Bureau, Adriana Papa. "Foi um sucesso. Todos disseram que tiveram muita facilidade com as empresas do Amazonas", disse a coordenadora.

A Rodada de Negócios de Turismo é resultado de uma parceria entre a Embratur, Ministérios do Turismo, Amazonas Convention & Visitors Bureau, Amazonastur, Secretaria de Estado do Planejamento (Seplan), e Secretarias de Turismo dos demais Estados da área  de atuação da SUFRAMA (Acre, Rondônia, Roraima  Amapá), além dos Estados do Maranhão, Mato Grosso, Pará e Tocantins, como convidados.