Você está aqui: Página Inicial > Notícias > Samsung e Yamaha apresentam novidades aos conselheiros do CAS

Notícias

Samsung e Yamaha apresentam novidades aos conselheiros do CAS

Membros do colegiado às duas empresas, fabricantes de eletroeletrônicos e motocicletas no Polo Industrial de Manaus.
por Layana Rios publicado: 30/04/2013 10h06 última modificação: 07/03/2016 12h33

Nesta segunda-feira (29), seis conselheiros do Conselho de Administração da Superintendência da Zona Franca de Manaus (CAS), acompanhados do superintendente da SUFRAMA, Thomaz Nogueira, e do superintendente adjunto de Projetos, Gustavo Igrejas, realizaram visita técnica às instalações da Samsung e da Yamaha, fabricantes de eletroeletrônicos e motocicletas, respectivamente, no Polo Industrial de Manaus (PIM).

Na Samsung, além de visitar a linha de produção, os conselheiros conheceram o showroom de diversos produtos produzidos na fábrica, entre eles telefones celulares, câmeras fotográficas, condicionadores de ar e diversos televisores, inclusive modelos que ainda serão lançados no mercado pela empresa. Na ocasião da visita, a empresa informou que já realizou a produção piloto do smartphone Galaxy S4, lançado oficialmente no Brasil esta semana. O aparelho está passando pelos testes de qualidade e deverá iniciar a produção que irá abastecer todo o mercado brasileiro nas próximas semanas.

Na Yamaha, os conselheiros puderam visualizar o processo de produção, montagem e teste de diversas linhas de motocicletas da empresa. Para o conselheiro representante do Ministério do Planejamento, Rafael Moreira de Aguiar, as visitas às fábricas do PIM são fundamentais para visualizar em campo os projetos aprovados bimestralmente nas reuniões do Conselho da SUFRAMA. “Acompanhar in loco os projetos que nós aprovamos dá outro patamar de visibilidade e sensibilidade dos conselheiros com aquilo que realmente acontece no Polo. Ao ver o dia a dia das empresas, acreditamos que nosso trabalho tem um resultado prático e eficaz, tanto pra SUFRAMA quanto para o PIM”, observa.

De acordo com o conselheiro representante do BNDES, Antônio José, as visitas técnicas oportunizam um conhecimento prático importante para a análise dos projetos. “Ao ter a oportunidade de ver o que significa efetivamente uma fábrica, a movimentação de mercadorias, a complexidade de instalações, ficamos seguros de que os incentivos da Zona Franca efetivamente criam um setor industrial”, afirma.

registrado em: , ,