Você está aqui: Página Inicial > Notícias > Secretário do MDIC reúne com representantes de servidores da SUFRAMA

Notícias

Secretário do MDIC reúne com representantes de servidores da SUFRAMA

Paralisação dos servidores motivou encontro, que tenta achar saídas para a categoria.
publicado: 21/11/2013 16h24 última modificação: 16/02/2016 17h48

O secretário executivo do Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior (MDIC), Ricardo Schaeffer, esteve em Manaus nesta quinta-feira (21) - conforme havia se comprometido durante a última reunião do Conselho de Administração da Superintendência da Zona Franca de Manaus – e, na agenda, reuniu-se com representantes dos funcionários da SUFRAMA, que realizam paralisação buscando o atendimento de suas reivindicações salariais. Schaefer falou do compromisso de enfrentar a questão e marcou retorno no início de dezembro para avaliação e continuação do processo de negociação. Explicou que as reivindicações da categoria estão sendo tratadas prioritariamente, no mais alto nível em Brasília. “Temos toda a intenção de resolver essa questão. O ministro Fernando Pimentel (MDIC) vai se reunir com a ministra Miriam Belchior (Planejamento) para discutir o assunto e espero voltar o mais breve possível com uma resposta”, disse o secretário.

Os servidores marcaram uma paralisação de dois dias, iniciada nesta quinta, para chamar atenção da sociedade para a defasagem na tabela de remuneração que, segundo o sindicato, está entre as piores do Executivo Federal. “Um servidor de nível superior da SUFRAMA ganha menos que um auxiliar de serviços gerais do Ipea”, compara o presidente do Sindicato dos Servidores da SUFRAMA, Estênio Encarnação. Atualmente, o vencimento básico para Nível Superior na autarquia, em início de carreira, é de R$ 2.986,85.

Ricardo Schaefer lembrou que o momento é de ajuste fiscal no governo, mas que a situação da SUFRAMA deve ser tratada de outra forma, pois não é simplesmente uma reivindicação de aumento salarial, mas a readequação geral de perdas históricas que reduziram inclusive o poder de atração de novos servidores. “Acho que não existe dúvida sobre a importância que o governo dá à Zona Franca de Manaus. A presidente está pessoalmente empenhada no fortalecimento do modelo. Acho que só falta mostrar, ponto a ponto, o que pode acontecer com ele, em curto prazo, dentro da perspectiva atual de remuneração. A SUFRAMA está prestes a realizar um concurso público e precisa atrair quadros capazes de sustentar o sucesso do modelo pelos próximos 50 anos”, ressaltou Schaefer.

O superintendente da SUFRAMA, Thomaz Nogueira, participou da reunião e lembrou que o discute uma proposta de reformulação dos vencimentos há, pelo menos, um ano. “Todos sabem que a intenção era que um novo plano de cargos, carreiras e remuneração saísse antes do concurso, o que não foi possível. Mas agora estamos ouvindo o secretário executivo dizer que o assunto será discutido entre os ministros. O momento é de ajuste, mas a SUFRAMA já fez o dever de casa no corte de despesas”, explicou Nogueira.

Ricardo Schaefer retorna a Manaus para a Feira Internacional da Amazônia (FIAM), na próxima semana, mas já adiantou que o encontro entre Fernando Pimentel e Míriam Belchior só ocorre no início do mês que vem. “Devo retornar em dezembro com um posicionamento”, informou.

registrado em: , , ,