Você está aqui: Página Inicial > Notícias > Seminário sobre a ZFM atrai grande interesse de empresários japoneses durante a Foodex 2009

Notícias

Seminário sobre a ZFM atrai grande interesse de empresários japoneses durante a Foodex 2009

Feira é o maior evento do gênero na Ásia e terceiro maior do mundo no segmento.
por Diego Queiroz publicado: 05/03/2009 00h00 última modificação: 04/07/2016 15h49

A realização do seminário “Zona Franca de Manaus”, ontem, durante a programação da 34ª Feira Internacional de Alimentos e Bebidas no Japão (Foodex Japan 2009), maior evento do gênero na Ásia e terceiro maior do mundo no segmento, deu mais uma prova de que a imagem do modelo Zona Franca de Manaus (ZFM) está fortalecida no cenário internacional. Não só o seminário teve sua capacidade de inscrições esgotada uma semana antes do prazo previsto, como também foi um dos eventos mais prestigiados e elogiados por empresários e executivos presentes à feira.

O seminário teve a finalidade de divulgar a política de incentivos fiscais da ZFM e elencar as oportunidades de negócios na Região, em especial aquelas ligadas ao aproveitamento sustentável da biodiversidade amazônica. O evento, organizado pela Superintendência da Zona Franca de Manaus (SUFRAMA) em parceria com a Japan External Trade Organization (Jetro), foi subdividido em quatro palestras.

A primeira palestra foi ministrada pelo diretor da Federação das Indústrias do Estado do Amazonas (Fieam) e também representante do Centro das Indústrias do Estado do Amazonas (Cieam), Celso Piacentini. Piacentini abordou o Pólo Industrial de Manaus (PIM) sob o ponto de vista empresarial e indicou como as empresas estão olhando e enfrentando a crise mundial, as expectativas com a reforma tributária e as oportunidades de novos negócios no parque fabril. Em seguida, o técnico da Coordenação de Acompanhamento de Projetos Industriais da SUFRAMA, Jânio Bitar, fez uma breve retrospectiva do modelo ZFM e destacou os indicadores de desempenho do PIM em 2008, enfatizando a contribuição do modelo para a Região ao longo de seus 42 anos recentemente completados.

O tema “Centro de Biotecnologia da Amazônia (CBA) – Oportunidades e Negócios”, foi abordado na terceira palestra, proferida pelo gerente de Negócios do CBA, Ewerton Ferreira. Ferreira abordou a criação do CBA e seus objetivos, apresentou as áreas de atuação do Centro (fitofármarcos, fitocosméticos e alimentos funcionais) e destacou novas oportunidades de negócios a surgirem em um futuro próximo, como os segmentos de óleos vegetais, extratos vegetais e dermocosméticos. Encerrando a programação, o ex-presidente da Câmara de Comércio e Indústria Nipo-brasileira no Estado do Amazonas, Teruaki Yamagishi, palestrou sobre a importância da indústria japonesa instalada no PIM e o comportamento dos empresários frente o momento de crise.

O coordenador-geral de Planejamento e Programação Orçamentária da SUFRAMA, Emmanuel Aguiar, que integra a equipe da autarquia na feira, disse que a participação na Foodex tem sido bastante positiva até o momento. “Temos recebido claras indicações do respeito e do interesse do empresariado japonês pelo modelo Zona Franca de Manaus. Pretendemos continuar estreitando as relações empresariais e buscar novas oportunidades de negócios”, afirma Aguiar.

Encontros com executivos
Complementado as atividades do seminário, os técnicos da SUFRAMA reuniram-se na quinta-feira, 05, na sede da embaixada brasileira em Tóquio, com empresários e executivos japoneses interessados em conhecer o modelo ZFM e investir futuramente em empreendimentos no Pólo Industrial de Manaus. A reunião teve duração de quase cinco horas e, segundo Aguiar, os empresários japoneses saíram satisfeitos do encontro. “Os executivos tiveram o tempo necessário e a atenção redobrada dos técnicos da SUFRAMA para dirimir todas as dúvidas que existiam”, informou.

Nesta sexta-feira, os técnicos da autarquia devem realizar visitas a empresas japonesas e a instituições que atuam em áreas de interesse do Centro de Biotecnologia da Amazônia.

Feira encerra amanhã
A Foodex Japan 2009, que conta nesta edição com cerca de 2.400 expositores de mais de 50 países e tem a expectativa de receber um público de mais de 90 mil visitantes, encerra nesta sexta-feira (6). A SUFRAMA participa como integrante do Pavilhão Brasil, estande destinado à exposição de produtos de empresas da região. Nesta edição, a autarquia viabiliza, com apoio da Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos (Apex), a mostra de produtos da empresa Agrorisa Produtos Alimentícios Ltda, situada em Manaus. Entre os produtos que estão sendo apresentados pela empresa, destaque para os extratos de camu-camu, urucum e crajiru, bem como óleos comestíveis e de uso cosmético (copaíba e andiroba).

registrado em: , , , ,