Você está aqui: Página Inicial > Notícias > SUFRAMA abre a VII Semana de Economia da Ufam

Notícias

SUFRAMA abre a VII Semana de Economia da Ufam

A Superintendência da Zona Franca de Manaus é uma das principais convidadas a debater sobre o tema principal do evento, as "Cadeias produtivas da Amazônia Ocidental: da produção regional para o País e o mundo".
por Márcio Gallo publicado: 09/10/2018 15h47 última modificação: 09/10/2018 16h52

Começou nesta terça-feira (8), no auditório Rio Amazonas da Faculdade de Estudos Sociais da Universidade Federal do Amazonas (FES/Ufam), a VII Semana de Economia. A Superintendência da Zona Franca de Manaus (SUFRAMA) é uma das principais convidadas a debater sobre o tema principal do evento, as "Cadeias produtivas da Amazônia Ocidental: da produção regional para o País e o mundo".

Além da SUFRAMA, o evento – que será composto por palestras, workshops e minicursos até o próximo dia 11 – conta com a participação de representantes da própria Ufam, do Centro da Indústria do Estado do Amazonas (Cieam), da Federação das Indústrias do Estado do Amazonas (Fieam) e do Conselho Regional de Economia do Amazonas (Corecon-AM), dentre outros participantes.

A coordenadora-geral de Estudos Econômicos e Empresariais da SUFRAMA, Ana Maria Souza, foi a responsável por representar a autarquia no primeiro dia de debates e apresentações do evento. Com uma palestra que traçou uma síntese analítica sobre o modelo Zona Franca de Manaus (ZFM) e a atuação da SUFRAMA como administradora de incentivos fiscais ofertados pelo governo federal à região da Amazônia Ocidental e aos municípios de Macapá e Santana, no Amapá, Ana Souza fez uma reflexão acerca das mudanças ocorridas ao longo das décadas desde o surgimento do modelo de desenvolvimento regional, em 1967, até os dias atuais.

"O poder de decisão sobre as ações tomadas e postas em prática na região tinham grande influência dos atores da própria região e dos técnicos da SUFRAMA. Mas, devido a mudanças ocorridas em meados dos anos de 1990, tais decisões passaram a contar com grande influência de pessoas de fora do modelo, o que mudou a forma de atuação da própria SUFRAMA e trouxe novos resultados para a região. Acreditamos que é necessário termos, novamente, um papel importante no que tange à tomada de decisões em prol da sociedade local. Em especial pelo conhecimento ímpar que temos sobre o que ocorre dentro da Zona Franca de Manaus", disse.

Outras duas apresentações, feitas pelo diretor-executivo do Cieam, Ronaldo Mota, e pelo professor da Ufam, Mauro Thury, concluíram a parte inicial da VII Semana de Economia. O reitor da Ufam, Sylvio Puga, destacou a oportunidade que todos os participantes têm de interagir e ampliarem seus conhecimentos sobre os temas em discussão. "Na medida que a Semana de Economia dialoga com atores importantes da sociedade, como Fieam, Corecon, Cieam, SUFRAMA e todos os players econômicos do Estado, o evento consegue atingir seu objetivo que é criar essa sinergia fundamental entre os nossos professores, técnicos e todos os demais", comentou Puga.

 

registrado em: , ,