Você está aqui: Página Inicial > Notícias > SUFRAMA amplia combate ao Aedes Aegypti durante ação nacional do governo federal

Notícias

SUFRAMA amplia combate ao Aedes Aegypti durante ação nacional do governo federal

Realizada em todo o País, iniciativa conta com a participação de todos os órgãos do governo federal, que estão intensificando as vistorias em imóveis federais e verificando a regularidade das ações que já vêm sendo executadas para minimizar e acabar com a proliferação do mosquito.
por Márcio Gallo publicado: 11/03/2016 10h48 última modificação: 11/03/2016 11h57

Com objetivo de reforçar a atenção da sociedade, bem como do funcionalismo público federal, ao combate ao mosquito Aedes Aegypti – transmissor da dengue, da febre chikungunya e do vírus da zika –, o governo federal realiza em todo o País, nesta sexta-feira (11), das 9h às 11h, a Mobilização de Combate ao Aedes Aegypti na Administração Pública Federal. A Superintendência da Zona Franca de Manaus (SUFRAMA), enquanto autarquia federal vinculada ao Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior (MDIC) e entendendo a importância da iniciativa para a saúde de seus servidores e da população de uma forma geral, faz parte desse esforço e está buscando combater o mosquito transmissor e potenciais focos de proliferação tanto em sua sede e prédios anexos, em Manaus, quanto em unidades descentralizadas situadas ao longo de sua área de abrangência – Estados do Acre, Rondônia, Roraima e Amazonas e municípios de Macapá e Santana, no Estado do Amapá.

Recentemente, 16 prestadores de serviço dos contratos de higienização, limpeza e manutenção predial da SUFRAMA passaram por um treinamento a fim de estarem aptos a combater o surgimento e a proliferação do Aedes Aegypti. Todos os dias, esses colaboradores, ao lado de gestores e fiscais dos contratos mencionados, desempenham uma rotina de inspeções e monitoramento de focos no edifício-sede da autarquia e prédios anexos, em Manaus. Nas unidades descentralizadas, a vistoria também é realizada diariamente, com apoio dos coordenadores de cada localidade. Todas as ações de monitoramento obedecem a check-list de atividades e critérios técnicos recomendados pelo governo federal. Como resultado dessa rotina de inspeções, os agentes da SUFRAMA já conseguiram identificar dois focos de proliferação do mosquito na sede da instituição, que foram imediatamente eliminados.

O objetivo agora, como parte do plano de combate nacional do governo federal, será capacitar também um grupo de servidores da SUFRAMA para que ajudem não apenas no âmbito da própria instituição, mas também se transformem em agentes multiplicadores de combate e prevenção nos locais próximos a suas residências. Para tanto, pelo menos 10% da força de trabalho da autarquia será designada para receber treinamento do Departamento de Vigilância Sanitária de Manaus (Dvisa), em breve, visando a ampliar o combate ao mosquito.

Abrangência nacional
O combate ao mosquito transmissor da dengue, da febre chikungunya e do vírus da zika é realizado de forma sincronizada em todo o País e conta com a participação de todos os órgãos do governo federal, que estão intensificando as vistorias em imóveis federais e verificando a regularidade das ações que já vêm sendo executadas para minimizar e acabar com a proliferação do mosquito Aedes Aegypti.