Você está aqui: Página Inicial > Notícias > SUFRAMA apóia Prêmio Professor Samuel Benchimol 2009 e Prêmio Banco da Amazônia de Empreendedorismo Consciente

Notícias

SUFRAMA apóia Prêmio Professor Samuel Benchimol 2009 e Prêmio Banco da Amazônia de Empreendedorismo Consciente

Premiação visa a promover a reflexão sobre as perspectivas econômicas, tecnológicas, ambientais e sociais para o desenvolvimento sustentável da Região Amazônica.
publicado: 08/07/2009 00h00 última modificação: 13/06/2016 15h31

Este ano, o Prêmio Professor Samuel Benchimol será realizado em paralelo ao Prêmio Banco da Amazônia de Empreendedorismo Consciente. Instituídos pelo Ministério do Desenvolvimento Indústria e Comércio Exterior (MDIC), os prêmios contam com o apoio da Superintendência da Zona Franca de Manaus (SUFRAMA) e visam promover a reflexão sobre as perspectivas econômicas, tecnológicas, ambientais e sociais para o desenvolvimento sustentável da Região Amazônica.

Esta edição será realizada pela Federação das Indústrias do Estado de Rondônia (FIERO). As inscrições estão abertas até o dia dois de outubro e o julgamento dos trabalhos apresentados acontecerá no dia 12 de novembro. A premiação será realizada no dia 14 de dezembro, em Porto Velho.

O Prêmio Professor Samuel Benchimol 2009 foi dividido em duas categorias: projetos e personalidades. A categoria projetos irá premiar três modalidades: ambiental, econômica/tecnológica e social. A categoria personalidades tem por objetivo agraciar empresários, executivos e gestores de políticas públicas, que se destacaram no desenvolvimento sustentável da Amazônia Legal. O Prêmio Banco da Amazônia e Empreendedorismo Consciente premiará autores nas categorias jovem (até 35 anos), intermediária (de 35 a 60 anos) e sênior (acima de 60 anos).

Fomentar a integração permanente entre os setores governamentais, empresariais, acadêmicos e sociais da Região; identificar, analisar, selecionar e divulgar projetos de interesse empresarias e oportunidades de investimento a potenciais financiadores, públicos ou privados e homenagear personalidades que se destacam no desenvolvimento sustentável da Amazônia também são objetivos dos dois maiores certames de apoio à inovação tecnológica da Região Amazônica.