Você está aqui: Página Inicial > Notícias > SUFRAMA apresenta resultados exitosos do modelo ZFM durante seminário em Angola

Notícias

SUFRAMA apresenta resultados exitosos do modelo ZFM durante seminário em Angola

O evento contou com a participação de palestrantes de diversos países, como Brasil, Reino Unido, Canadá, Portugal, África do Sul, Noruega, Espanha e Alemanha, e debateu temas vinculados principalmente à questão da industrialização levando em consideração o atual contexto de desenvolvimento de Angola.
por Diego Queiroz publicado: 27/09/2011 00h00 última modificação: 06/04/2016 12h16

O técnico da Coordenação-Geral de Estudos Econômicos e Empresariais da SUFRAMA, Evandro Brandão, esteve representando a autarquia na décima quinta edição das Jornadas Técnico-Científicas da Fundação Eduardo dos Santos (FESA), realizadas no período de 20 a 23 de setembro, na Assembleia Nacional, em Luanda. O evento contou com a participação de palestrantes de diversos países, como Brasil, Reino Unido, Canadá, Portugal, África do Sul, Noruega, Espanha e Alemanha, e debateu temas vinculados principalmente à questão da industrialização levando em consideração o atual contexto de desenvolvimento de Angola.

Brandão apresentou durante o evento a palestra “Zona Franca de Manaus – Política Econômica Brasileira de Desenvolvimento Regional”, na qual buscou apresentar, inicialmente, a evolução histórica da atividade econômica na região, indo desde o período do extrativismo da borracha até a criação do modelo ZFM e do Polo Industrial de Manaus.

O técnico da autarquia explicou ainda os incentivos fiscais concedidos às empresas instaladas na Zona Franca e mostrou investimentos realizados pela SUFRAMA como parte de sua política de Interiorização do Desenvolvimento. “Procuramos mostrar os resultados exitosos do modelo Zona Franca de Manaus de forma a somar com as discussões. Ficamos contentes ao ver que os jovens angolanos, sobretudo estudantes do nível superior, participaram de forma ativa dos debates e demonstraram-se interessados em participar das tomadas de decisão sobre as estratégias a serem criadas na educação, formação profissional, industrialização, urbanismo e outras áreas no país”, afirmou.

registrado em: , ,