Você está aqui: Página Inicial > Notícias > SUFRAMA, associações de classe e empresas realizam terceira rodada de discussões sobre novo PPB de Duas Rodas

Notícias

SUFRAMA, associações de classe e empresas realizam terceira rodada de discussões sobre novo PPB de Duas Rodas

A reunião teve como principal objetivo a apresentação das diversas sugestões encaminhadas à SUFRAMA nos últimos meses por associações de classe e empresas propondo alterações no texto do novo PPB do setor.
por Diego Queiroz publicado: 16/09/2010 00h00 última modificação: 29/04/2016 15h45

A Superintendência da Zona Franca de Manaus (SUFRAMA) realizou nesta quinta-feira, 16, em seu auditório, a terceira reunião conjunta com representantes de empresas fabricantes e componentistas, entidades de classe e órgãos governamentais com o objetivo de discutir o novo Processo Produtivo Básico (PPB) do polo de Duas Rodas da Zona Franca de Manaus.

A reunião teve como principal objetivo a apresentação das diversas sugestões encaminhadas à SUFRAMA nos últimos meses por associações de classe e empresas propondo alterações no texto do novo PPB do setor. Entre as empresas e associações que enviaram contrapropostas à autarquia estão o Sindicato Nacional da Indústria de Componentes para Veículos Automotores (Sindpeças), Associação das Indústrias e Empresas de Serviços do Pólo Industrial do Amazonas (Aficam), Associação Brasileira dos Fabricantes de Motocicletas, Ciclomotores, Motonetas, Bicicletas e Similares (Abraciclo) e Associação Nacional dos Fabricantes e Atacadistas de Motopeças (Anfamoto).

Embora o encontro tenha terminado sem decisões quanto à proposta, as partes evoluíram nas discussões e mostraram-se dispostas a definir o mais breve possível os critérios e conceitos do novo processo produtivo básico.

Segundo o coordenador-geral de Acompanhamento de Projetos Industriais da SUFRAMA, Gustavo Igrejas, as principais questões a serem solucionadas nas próximas semanas envolvem a definição da tabela com as principais partes e peças do processo produtivo e suas respectivas pontuações, a faixa mínima de pontuação a ser cumprida pelas empresas e o percentual de bônus para empresas que adquirirem componentes fabricados no Polo Industrial de Manaus. “Com a mudança do sistema de contagem de operações para o sistema de pontuação, o que é uma das principais inovações do novo PPB, buscaremos reduzir eventuais distorções em todo o processo e incentivar a agregação de valor na cadeia produtiva”, afirmou Igrejas. “Estamos evoluindo nas discussões e esperamos ter uma definição muito em breve que possa tanto contemplar o interesse coletivo das empresas e associações quanto resguardar e potencialmente ampliar os investimentos no setor nos próximos anos”, complementou.

Novas reuniões entre a SUFRAMA, empresas e associações foram agendadas para os dias 6, 7 e 8 de outubro visando à definição do texto da proposta que será submetida a consulta pública. A expectativa é de que a portaria interministerial com o novo PPB do Polo de Duas Rodas seja publicada até o final deste ano, sendo que as novas regras de produção do setor, a princípio, deverão vigorar a partir de janeiro de 2012.