Você está aqui: Página Inicial > Notícias > SUFRAMA conhece instalações e projetos de inovação do Sidia

Notícias

SUFRAMA conhece instalações e projetos de inovação do Sidia

Comitiva da autarquia conheceu toda a estrutura do instituto, desde o setor de criação até o de finalização de projetos.
por Márcio Gallo publicado: 29/06/2016 14h39 última modificação: 04/07/2016 15h00

Na terça-feira (28), a titular da Superintendência da Zona Franca de Manaus (SUFRAMA), Rebecca Garcia, visitou o Samsung Instituto de Desenvolvimento para a Informática da Amazônia (Sidia), no Distrito Industrial de Manaus, para conhecer a infraestrutura e os projetos desenvolvidos no local. Em companhia do superintendente adjunto de Planejamento e Desenvolvimento Regional, Marcelo Pereira, do procurador-chefe junto à autarquia, Bruno Bisinoto, e do gerente de projetos da Secretaria de Inovação do Ministério da Indústria, Comércio Exterior e Serviços (MDIC), Luciano de Sousa, além de técnicos da SUFRAMA, a superintendente foi recebida pelo vice-presidente da Samsung, Benjamin Sicsu, e pelo diretor técnico do instituto, Emerson Toledo.

Na ocasião, Benjamin Sicsu agradeceu a visita técnica e o empenho da SUFRAMA no que se refere a apoiar as empresas instaladas no Polo Industrial de Manaus (PIM). “Esta é a mais densa missão da SUFRAMA à Samsung, uma vez que não apenas a cúpula da autarquia está presente, mas toda equipe técnica competente. Agradecemos o apoio dado pela autarquia para que possamos continuar a trabalhar para crescermos em geração de emprego, renda e produtividade na região”, comentou Sicsu.

Sicsu aproveitou a oportunidade para apresentar um breve histórico da Samsung no Brasil e as atividades que levaram a empresa a ter grande representatividade no mercado nacional com sua produção – especialmente de smartphones – na planta fabril instalada em Manaus. O crescente faturamento da Samsung com a comercialização de aparelhos eletrônicos permitiu à empresa investir, entre 2013 e 2015, R$ 750 milhões em Pesquisa e Desenvolvimento (P&D) no Amazonas. E este investimento auxiliou os projetos realizados pelo Sidia.

Segundo o diretor do Instituto, Emerson Toledo, diversos produtos – como aplicativos para smartphones – foram criados no Sidia a partir de investimentos oriundos de recursos de P&D e com mão de obra, em sua maioria, regional. Alguns aplicativos, por exemplo, estão disponíveis em mais de 100 países a partir das plataformas para download, com avaliações positivas pelos usuários. “Temos novos projetos em andamento que devemos disponibilizar em breve, com tecnologia que atende às novas tendências do mercado”, disse Toledo.

Após as apresentações feitas pela Samsung, a comitiva da SUFRAMA conheceu toda a estrutura do Sidia, desde o setor de criação até o de finalização de projetos. “É muito interessante vermos o capital humano local à frente de inovações que antes víamos surgir apenas em outros grandes centros do Brasil e do exterior. Isto mostra o potencial de nossa região e é motivo de orgulho para todos que somos daqui e estamos inseridos, de uma forma ou de outra, nesse processo”, pontuou Rebecca Garcia.