Você está aqui: Página Inicial > Notícias > SUFRAMA convidada para simpósio sobre desenvolvimento sustentável

Notícias

SUFRAMA convidada para simpósio sobre desenvolvimento sustentável

VI Simpósio Amazônia: Desenvolvimento Regional Sustentável (Regiões Norte e Nordeste) será realizado em Brasília.
por Diego Queiroz publicado: 05/11/2012 17h43 última modificação: 10/03/2016 11h59

Nesta terça-feira (6), o superintendente adjunto de planejamento e desenvolvimento regional da Zona Franca de Manaus, José Nagib, participa na Câmara dos Deputados, em Brasília, a partir das 9h, do VI Simpósio Amazônia: Desenvolvimento Regional Sustentável (Regiões Norte e Nordeste).

O evento, fruto do requerimento nº 156/2012, de autoria do deputado Wilson Filho e da Deputada Janete Capiberibe, reunirá especialistas de renome e representantes do Governo Federal em um amplo debate sobre alternativas de desenvolvimento sustentável, geração de emprego e renda e redução de desigualdades sociais nas regiões Norte e Nordeste do País.

O simpósio conta em sua programação com três mesas de debates, buscando abordar temas sobre economia verde inclusiva e propostas de desenvolvimento com sustentabilidade nas áreas de energia, transporte, agricultura, indústria e turismo.

De acordo com o superintendente da SUFRAMA, Thomaz Nogueira, a autarquia se fará presente nas discussões por ser uma instituição que tem atuado como uma das principais vozes do Governo Federal na Amazônia e contribuído para o desenvolvimento da região. Ele ressaltou a importância principalmente de debates com a sociedade brasileira sobre desenvolvimento sustentável e economia verde, temas que a SUFRAMA já tem buscado explorar e discutir em sua área de atuação a partir de ações como a realização de workshops, em parceria com o Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia (Inpa), nos Estados do Acre, Rondônia e Roraima. “O modelo Zona Franca de Manaus é o principal projeto de sustentabilidade do Governo Federal na região. A SUFRAMA está em constante articulação com a sociedade e com os diversos parceiros em busca de novos caminhos para um futuro mais sustentável, inclusivo e com maiores oportunidades para a população amazônica”, afirmou.