Você está aqui: Página Inicial > Notícias > SUFRAMA discute cooperação técnica com a Embrapa

Notícias

SUFRAMA discute cooperação técnica com a Embrapa

O superintendente da SUFRAMA, Appio Tolentino ressaltou que conta com a adesão da Embrapa na elaboração de um planejamento conjunto com o objetivo de diversificar a economia da região e diminuir a dependência do Polo Industrial de Manaus (PIM).
por Enock Nascimento publicado: 06/07/2017 17h47 última modificação: 06/07/2017 18h50

Um acordo de cooperação técnica entre a SUFRAMA e a Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária na Amazônia Ocidental (Embrapa Amazônia Ocidental) para intensificar projetos no âmbito da Zona Franca Verde (ZFV) foi o principal tema da reunião entre o superintendente da SUFRAMA, Appio Tolentino, e diretores da instituição, ocorrida nesta quinta-feira (6), na sala de reuniões da autarquia.


O superintendente ressaltou que conta com a adesão da Embrapa na elaboração de um planejamento conjunto com o objetivo de diversificar a economia da região e diminuir a dependência do Polo Industrial de Manaus (PIM). “Além de pensarmos em como superar a atual crise, também temos que buscar formas de evitar as crises futuras. Uma alternativa é investir no agronegócio, na agropecuária, na agroindústria, que são historicamente resistentes às crises econômicas”, explicou.

Tolentino ressaltou a importância de um enfoque em produtos alimentícios amazônicos com potencial estratégico para serem industrializados e depois exportados. “Temos certeza que a participação da Embrapa e os incentivos fiscais concedidos no âmbito da ZFV aumentarão o interesse de investidores internacionais”, destacou.  

O chefe-geral da Embrapa Amazônia Ocidental, Luiz Marcelo Rossi, pontuou que a instituição já desenvolveu um sistema completo de produção para quinze culturas oriundas da região, como seringueira, banana, cupuaçu e espécies de peixes como o tambaqui. “Já temos uma demanda grande das indústrias por quatro culturas: guaraná, dendê, borracha e fécula de mandioca. A Embrapa tem uma área de pesquisa localizada no Distrito Agropecuário da SUFRAMA. Ou seja, temos tudo para aprofundar nossas relações e a sociedade só tem a ganhar com essa parceria”, declarou.

Ficou acertada para o dia 17 uma visita do superintendente à sede da Embrapa para uma nova rodada de discussões sobre a cooperação técnica entre as instituições.Também participaram da reunião pela Embrapa, o chefe de pesquisa e desenvolvimento, Celso Azevedo; o chefe de transferência de tecnologia, Ricardo Lopes; e o pesquisador Luiz Antônio Cruz.


registrado em: ,