Você está aqui: Página Inicial > Notícias > SUFRAMA divulga software de banco de dados de resíduos do PIM

Notícias

SUFRAMA divulga software de banco de dados de resíduos do PIM

A ferramenta possibilitará a consolidação do Inventário de Resíduos do PIM, uma iniciativa pioneira que deve contribuir para o aperfeiçoamento da gestão de resíduos das empresas instaladas no parque fabril local.
publicado: 13/09/2011 00h00 última modificação: 07/04/2016 10h46

Durante seminário realizado na sede da Superintendência da Zona Franca de Manaus (SUFRAMA), foi apresentado o sistema revisado de banco de dados de resíduos sólidos do Polo Industrial de Manaus (PIM). A ferramenta possibilitará a consolidação do Inventário de Resíduos do PIM, uma iniciativa pioneira que deve contribuir para o aperfeiçoamento da gestão de resíduos das empresas instaladas no parque fabril local.

A criação do sistema foi uma das propostas previstas no Plano Diretor de Gestão de Resíduos Sólidos elaborado pela Agência Japonesa de Cooperação Internacional (Jica), que identificou a necessidade de desenvolvimento dessa ferramenta eletrônica. “A elaboração desse sistema é uma das principais ações constantes no Plano Diretor do Estudo da Jica e trata-se de uma proposta de desenvolvimento de um trabalho em conjunto entre o Poder Público e as empresas geradoras de resíduos, instaladas no Polo Industrial de Manaus, estando o mesmo a cargo da SUFRAMA e do Instituto de Proteção Ambiental do Estado do Amazonas (Ipaam)”, explica Luiz Flávio Brandão Simões, coordenador de Análise de Projetos de Engenharia e Arquitetura da SUFRAMA, setor no qual está inserido o grupo de gestão de resíduos industriais da SUFRAMA.

O software livre foi elaborado pela Jica, de maneira a atender aos critérios estabelecidos na Resolução nº 313/2002, do Conselho Nacional de Meio Ambiente (Conama), que dispõe sobre o Inventário Nacional de Resíduos Sólidos Industriais. O programa compreende o registro de informações acerca da geração, classificação, armazenamento e destinação de resíduos sólidos oriundos das indústrias. A analista de nível superior da autarquia, Rita Mariê, que integra o grupo de gestão de resíduos da SUFRAMA, ressalta que esse sistema contribuirá sobremaneira para o aperfeiçoamento do processo de gestão de resíduos nas empresas. “Essa não é apenas uma ferramenta de preenchimento de dados. Será usada também para auxiliar na gestão de resíduos na medida em que tem possibilidade de gerar inúmeros relatórios que podem servir de suporte gerencial para as fábricas”, afirma.

Antes da apresentação do novo software, foram realizados treinamentos com a participação de mais de 100 empresas do PIM para que tivessem um contato com a versão preliminar da ferramenta, avaliar o processo de aplicabilidade do sistema e coletar sugestões de melhoria. “A adesão das empresas foi positiva. A maioria tem se mostrado bastante interessada em otimizar o preenchimento dos seus inventários de resíduos por entenderem que essa ferramenta é importante, inclusive, para que elas mesmas possam desenvolver ações internas de gestão nessa área”, ressalta Armando Bandeira Júnior, do grupo de gestão de resíduos da autarquia.

O coordenador de Projetos da Jica, Mauro Inoue, agradeceu o engajamento das empresas nas atividades desenvolvidas e disse acreditar que o sistema vai ser muito útil para que o Estado do Amazonas tenha conhecimento dos resíduos gerados nas indústrias do PIM. Ele ressaltou ainda que esse software pode servir como modelo para outros Estados da Federação.