Você está aqui: Página Inicial > Notícias > SUFRAMA e JICA realizam 3º workshop sobre Plano Diretor de Gestão de Resíduos no PIM

Notícias

SUFRAMA e JICA realizam 3º workshop sobre Plano Diretor de Gestão de Resíduos no PIM

“O objetivo deste estudo é implementar o Plano Diretor em sua totalidade, nos próximos cinco anos”, enfatizou a coordenadora-geral de Comércio Exterior da SUFRAMA, Gracilene Belota.
publicado: 06/04/2010 00h00 última modificação: 09/05/2016 12h03

A experiência das indústrias japonesas na gestão de resíduos, debates sobre a legislação ambiental e sobre as boas práticas de descarte de material industrial foram o destaque do 3º Workshop do Plano Diretor de Gestão de Resíduos realizado, ontem, na sede da Superintendência da Zona Franca de Manaus (SUFRAMA). A programação faz parte do cronograma de atividades definidas entre a autarquia e a Agência Japonesa de Cooperação Internacional (JICA) para o estudo que está levantando a realidade da gestão de resíduos no Polo Internacional de Manaus (PIM) com o objetivo de preparar um Plano Diretor Integrado a ser apresentado para as indústrias do polo. “O objetivo deste estudo é implementar o Plano Diretor em sua totalidade, nos próximos cinco anos”, enfatizou a coordenadora-geral de Comércio Exterior da SUFRAMA, Gracilene Belota, na abertura dos trabalhos.

O “Estudo para o desenvolvimento de uma solução integrada relativa à gestão de resíduos do Polo Industrial de Manaus” é resultado de um acordo entre o Brasil e Japão, intermediado pelo Ministério das Relações Exteriores (MRE) e que tem como agentes a SUFRAMA, a JICA, a Agência Brasileira de Cooperação, a Federação das Indústrias do Estado do Amazonas (Fieam), o Centro da Indústria do Estado do Amazonas (Cieam) e a Câmara de Comércio e Indústria Nipo-Brasileira do Amazonas (CCINB-AM). O relatório do Plano Diretor está previsto para ser entregue em agosto para a SUFRAMA, que fará a apresentação para a sociedade. A ideia é que o plano seja implementado no período de 2011 a 2015. No documento deverão constar diretrizes para a melhoria da gestão nesta área de maneira a nortear as empresas incentivadas do parque fabril local na definição de procedimentos adequados de destinação de resíduos, com base no princípio dos 3Rs (Reduzir, Reutilizar e Reciclar).

Nos trabalhos desta terça-feira, foram apresentados exemplos de tratamentos de resíduos em áreas industriais do Japão como o Parque Industrial de Kokubo, onde 28 empresas de diversos segmentos integraram suas práticas de descarte de materiais em uma política conjunta de sustentabilidade. A visita de técnicos da SUFRAMA, JICA e representantes da Fieam e do Cieam, em 17 localidades daquele país, permitiu acompanhar os esforços das indústrias japonesas em atingir a meta de processar a maior parte dos resíduos dentro das fábricas e destinar o mínimo possível aos aterros públicos.

O estudo, que também conta com o apoio de órgãos governamentais ligados à área ambiental, deverá servir como base para a criação de um banco de dados informatizado sobre o mercado de oferta e demanda de serviços de resíduos na área industrial.

registrado em: ,