Você está aqui: Página Inicial > Notícias > SUFRAMA e PMM discutem convênio para recuperação das vias do Distrito

Notícias

SUFRAMA e PMM discutem convênio para recuperação das vias do Distrito

Foram discutidas diretrizes operacionais e orçamentárias a respeito de um convênio, no valor de R$ 150 milhões, idealizado para recuperar as vias do Distrito Industrial. O montante é provido com recursos de Emenda Parlamentar da Bancada Federal do Amazonas.
por Enock Nascimento publicado: 18/03/2016 16h00 última modificação: 18/03/2016 17h04

Técnicos da Superintendência da Zona Franca de Manaus (SUFRAMA) e da Prefeitura Municipal de Manaus (PMM) se reuniram nesta sexta-feira (18), na sede da autarquia, para discutir diretrizes operacionais e orçamentárias a respeito de um convênio, no valor de R$ 150 milhões, idealizado para recuperar as vias do Distrito Industrial (DI). O montante é provido com recursos de Emenda Parlamentar da Bancada Federal do Amazonas.

A superintendente da SUFRAMA, Rebecca Garcia, destacou que o convênio é um importante passo para a solução da questão viária do DI. “A revitalização do sistema viário do Distrito Industrial influencia diretamente na atração de novos empreendimentos e investimentos para o Polo Industrial de Manaus (PIM), além de afetar no bem-estar da comunidade dependente da infraestrutura dessa área vital da cidade”, frisou.

Durante a reunião, foram enfatizados alguns parâmetros estabelecidos na legislação dos convênios federais e, a partir de experiências anteriores, também foram salientados fatores que podem otimizar o resultado final do convênio. Um desses itens é a importância de um projeto de engenharia com alta qualidade técnica.

“Nesse convênio, temos que seguir a filosofia japonesa do botão na camisa. Se o primeiro botão estiver errado, todos os seguintes também estarão. Assim, temos que caprichar nesse projeto de engenharia para que todas as fases posteriores tenham sucesso”, observou o secretário Municipal de Finanças, Tecnologia da Informação e Controle Interno (Semef), Ulisses Tapajós.

Inicialmente, o objeto definido no convênio é atender às 33 vias que compõem o Distrito Industrial 1 e a expectativa da SUFRAMA e da Prefeitura é que o montante também contemple a área de expansão, conhecida como Distrito Industrial 2. Entretanto, o real alcance das obras só será definido com a aprovação do projeto de engenharia.

A próxima reunião entre técnicos da autarquia e PMM já está marcada para a próxima quinta-feira (24). A Prefeitura tem até o dia 15 de julho como prazo para elaborar e apresentar a proposta formal de convênio para análise da SUFRAMA.