Você está aqui: Página Inicial > Notícias > SUFRAMA e Sepror debatem melhorias para o setor primário

Notícias

SUFRAMA e Sepror debatem melhorias para o setor primário

Medidas conjuntas que possibilitem o fortalecimento do setor primário deram o tom do encontro entre as instituições.
por Enock Nascimento publicado: 11/07/2012 00h00 última modificação: 18/03/2016 16h29

A Superintendência da Zona Franca de Manaus (SUFRAMA) e a Secretaria da Produção Rural (Sepror) discutiram, em reunião realizada na segunda-feira, dia 9, na sede da autarquia, medidas conjuntas que possam possibilitar o fortalecimento do setor primário no Estado do Amazonas.

Atendendo convite do superintendente da SUFRAMA, Thomaz Nogueira, o titular da Sepror, Eron Bezerra, apresentou a política institucional do órgão, que “gira em torno do desenvolvimento sustentável, além de fundamentos tais como o policultivo, contemporaneidade científica e tecnológica e a eficiência econômica”. O secretário também destacou um dos exemplos mais bem sucedidos de sustentabilidade que é o Bacalhau da Amazônia, resultado da parceria entre SUFRAMA e Sepror.

Durante a reunião, Thomaz Nogueira apresentou algumas ideias e propostas da autarquia para incrementar o primeiro setor tais como: a formação de parcerias com outras agências de desenvolvimento visando à instalação de projetos econômicos estratégicos no Estado para o atendimento da demanda interna e a exportação, em áreas como a piscicultura e a fruticultura. “Esse é um importante passo para o fortalecimento do setor agropecuário do Amazonas”, definiu Nogueira sobre o estreitamento da parceria entre a autarquia e a secretaria.

Participaram também do encontro, representantes de órgãos ligados ao setor agropecuário como o Instituto de Desenvolvimento Agropecuário e Florestal Sustentável do Estado do Amazonas (Idam), a Comissão de Defesa Sanitária, Animal e Vegetal (Codesav) e a Secretaria de Estado do Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável do Amazonas (SDS-AM), além dos superintendentes adjuntos da SUFRAMA, José Nagib (Planejamento), Gustavo Igrejas (Projetos) e técnicos das várias coordenações da autarquia.