Você está aqui: Página Inicial > Notícias > SUFRAMA e Sudam discutem fortalecimento da Zona Franca Verde

Notícias

SUFRAMA e Sudam discutem fortalecimento da Zona Franca Verde

Reunião nesta sexta-feira (8) entre dirigentes dos dois órgãos focou em parcerias voltadas ao desenvolvimento regional sustentável
por Enock Nascimento publicado: 08/07/2016 18h46 última modificação: 11/07/2016 11h50

Projetos de fortalecimento da economia regional no âmbito da Zona Franca Verde (ZFV) foram um dos temas do encontro entre a superintendente da SUFRAMA, Rebecca Garcia, e o titular da Superintendência do Desenvolvimento da Amazônia (Sudam), Paulo Roberto Correia, ocorrido nesta sexta-feira (08), na sede da autarquia, em Manaus.

Uma das ideias discutidas foi o incentivo à produção e comercialização de artesanatos da Amazônia. “A intenção é, por exemplo, que em cada aeroporto das capitais dos Estados da Região Norte tenha uma loja padronizada na qual o interessado possa encontrar peças de artesanato que só são feitas aqui, como as cestarias feitas de tucum e arumã, os vasos marajoaras e as marchetarias do Acre”, detalhou Rebecca.

Também no rol de ações para impulsionar a Zona Franca Verde, com medidas para incrementar o comércio de artesanato regional, a proposta é que a Sudam financie cursos para formação de novos artesãos. “Sabemos que a Sudam irá patrocinar um curso de marchetaria no Acre para 500 crianças. Uma ação semelhante poderia ser feita com a cestaria do Alto Rio Negro, que está sendo tão admirada e reconhecida pelo mundo. Não podemos permitir que uma arte desse nível se acabe por falta de continuidade na formação de novos artesãos”, destacou Rebecca. 

O superintendente da Sudam afirmou que o apoio às ações nas ZFVs se adequam a uma das principais metas da instituição, que é a ampliação do espectro de projetos beneficiados com os recursos adquiridos pelo órgão. “Atualmente, boa parte dos financiamentos que capitalizamos são destinados para compra de máquinas e equipamentos. Não é que isso seja ruim, mas o que queremos é investir em projetos com um potencial mais amplo de impacto socioeconômico. E isso, percebemos, pode ser alcançado com a Zona Franca Verde”, explicou Correia.

Incentivos

Nesta sexta-feira (8), na sede da SUFRAMA, a Sudam também entregou Laudos Constitutivos para cinco empresas da Zona Franca de Manaus (ZFM) receberem incentivos fiscais como a redução de Imposto de Renda de Pessoa Jurídica (IRPJ). O valor total do estímulo fiscal é de cerca de R$ 8 milhões.

Conforme a Sudam, foram aprovados três projetos de reinvestimento, dois de implantação e dois de diversificação. As empresas beneficiadas são: Essilor da Amazônia Indústria e Comércio; Copag da Amazônia; Elgin Industrial da Amazônia; Honda Lock do Brasil; e Positivo Informática.

“Ao longo de 2016, a Sudam aprovou no Amazonas cerca de dez projetos de redução de IRPJ, um total de seis empresas beneficiadas, com geração ou manutenção de 2.176 empregos diretos e valor total da ordem de R$ 10 milhões”, informou o superintendente da Sudam.