Você está aqui: Página Inicial > Notícias > SUFRAMA encerra cronograma de palestras sobre o modelo ZFM em escolas públicas e particulares

Notícias

SUFRAMA encerra cronograma de palestras sobre o modelo ZFM em escolas públicas e particulares

Mais de dois mil alunos de 18 instituições públicas e privadas de ensino receberam orientações acerca do modelo de desenvolvimento regional.
publicado: 14/12/2010 00h00 última modificação: 28/04/2016 17h26

A Superintendência da Zona Franca de Manaus (SUFRAMA) encerra o cronograma de palestras nas escolas da rede pública e particular de ensino deste ano com um saldo de público que ultrapassa a marca de dois mil alunos, de 18 instituições. A ação “Divulgação do Modelo Zona Franca de Manaus em instituições de ensino e pesquisa” é resultado de parceria firmada com a Secretaria de Estado da Educação e Qualidade do Ensino do Amazonas (SEDUC) e tem como objetivo formar massa crítica favorável ao modelo ZFM e ao Polo Industrial de Manaus (PIM).

Recentemente, a SEDUC encaminhou à SUFRAMA documento que aprova a reformulação da Proposta Curricular do Ensino Médio nas disciplinas de História e Geografia, que terão emendas e conteúdos programáticos elaborados por técnicos da autarquia e enviados à Secretaria.

Um dos pontos principais da ação é contribuir para a informação de alunos do ensino fundamental e médio sobre a importância deste modelo de sucesso para a Região nos aspectos econômico, social, ambiental e tecnológico.

Durante a palestra realizada no Instituto de Educação do Amazonas (IEA) aproximadamente 250 alunos tiveram a oportunidade de conhecer mais sobre o trabalho desenvolvido pela autarquia em toda a Amazônia Ocidental (Amazonas, Acre, Roraima, Rondônia e as Áreas de Livre Comércio de Macapá e Santana, no Amapá) e sobre a importância deste modelo de desenvolvimento sustentável para a preservação da floresta. Além de focar na necessidade de qualificação para a inserção no mercado de trabalho e nas empresas instaladas no Polo.

Segundo a técnica da autarquia, Ana Virgínia Aguiar, responsável pelas palestras, “os alunos se sentem interessados e valorizados com a preocupação da SUFRAMA em disseminar informações importantes e que incentivem a busca por melhores qualificações e a necessidade de estudar e aprender sempre mais para poder garantir um lugar no mercado de trabalho, além de satisfazer a curiosidade dos estudantes sobre o Polo Industrial de Manaus (PIM), um destino em potencial para muitos deles”, comenta a palestrante.

A realização de palestras nas escolas públicas e particulares teve início em 2004 e até o momento já foram assistidas por mais de 12 mil alunos. No início de cada ano, por meio de ofício, a SUFRAMA encaminha à SEDUC a proposta de cronograma de palestras e a Secretaria é responsável por classificar quais escolas serão beneficiadas.

 

registrado em: , , ,