Você está aqui: Página Inicial > Notícias > SUFRAMA estuda criação de plano diretor para Distrito Agropecuário

Notícias

SUFRAMA estuda criação de plano diretor para Distrito Agropecuário

Durante visita ao município de Rio Preto da Eva, Tolentino anunciou que será criado um grupo de trabalho interinstitucional, com o objetivo de construir um plano diretor para o DAS.
publicado: 10/07/2017 10h30 última modificação: 19/07/2017 10h43

O superintendente da Zona Franca de Manaus, Appio Tolentino, acompanhado do coordenador-geral de Análise e Acompanhamento de Projetos Agropecuários da SUFRAMA, Orisvaldo Neves, e do vice-presidente da Federação das Indústrias do Amazonas (Fieam) e conselheiro da autarquia, Nelson Azevedo, visitou, no último domingo (9), o município de Rio Preto da Eva (AM), localizado a 78 quilômetros de Manaus. A comitiva foi recebida pelo prefeito da cidade, Anderson Souza, e pelo vice-prefeito, Neto do Baixo Rio. Sessenta e três por cento da área de Rio Preto da Eva pertence ao Distrito Agropecuário da SUFRAMA (DAS).

Durante a visita, Tolentino anunciou que será criado um grupo de trabalho interinstitucional, com o objetivo de construir um plano diretor para o DAS. "Queremos implementar um plano piloto de um polo de agronegócios no município de Rio Preto da Eva, com capacidade de produzir alimentos para abastecer o mercado manauara, oportunizando uma nova matriz econômica de agronegócios no Estado", afirmou o superintendente, acrescentando que, futuramente, essa iniciativa de criação de polos de agronegócios deverá ser estendida aos demais estados da área de atuação da SUFRAMA (Acre, Roraima, Rondônia e Amapá).

Produção de laranja
Na oportunidade, o superintendente conheceu o cultivo de citrus da Fazenda Progresso, localizada no Ramal do Procópio, no quilômetro 110 da rodovia AM-010, no Distrito Agropecuário. Uma das maiores produtoras de laranja do Amazonas, a Fazenda abastece a merenda escolar da rede pública estadual de ensino, para a qual serão entregues mais de 250 mil laranjas, só nesta semana.

De acordo com a administradora da propriedade, Elizabeth Gomes, a plantação conta com mais de 25 mil pés de laranja e tangerina. Com isso, a capacidade produtiva é de mais de cinco milhões de frutas por ano.

registrado em: , ,