Você está aqui: Página Inicial > Notícias > SUFRAMA firma acordo para operacionalização do ProTI-Amazônia durante a SBPC

Notícias

SUFRAMA firma acordo para operacionalização do ProTI-Amazônia durante a SBPC

Objetivo é financiar exclusivamente ações na área da Tecnologia da Informação (TI).
publicado: 13/07/2009 00h00 última modificação: 09/06/2016 14h56

Pela primeira vez no Estado, foi firmada parceria com o objetivo de financiar exclusivamente ações na área da Tecnologia da Informação (TI) mediante assinatura, nesta segunda-feira (13), de Protocolo de Intenções entre a Financiadora de Estudos e Projetos (Finep), Superintendência da Zona Franca de Manaus (Suframa) e a Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Amazonas (Fapeam), com a interveniência do Ministério da Ciência e Tecnologia (MCT). O documento marca a formalização de acordo de cooperação para a operacionalização do Programa de Apoio ao Desenvolvimento do Setor de Tecnologia da Informação (ProTI-Amazônia), que tem como finalidade fortalecer as atividades de pesquisa e desenvolvimento em TI na Amazônia Ocidental.

A cerimônia de assinatura ocorreu durante o primeiro dia de atividades da 61ª Reunião Anual da Sociedade Brasileira para o Progresso da Ciência (SBPC), que está acontecendo na Universidade Federal do Amazonas (Ufam). Participaram o ministro de Ciência e Tecnologia, Sérgio Rezende, o diretor de Desenvolvimento Científico e Tecnológico da Finep, Eugênio Castro Neves, a superintendente da SUFRAMA, Flávia Grosso, e o diretor-presidente da Fapeam, Odenildo Sena.

Por meio do acordo de cooperação, a SUFRAMA autoriza a Finep a transferir para a Fapeam o valor de R$ 5 milhões para a viabilização do Pro-TI Amazônia. Esse recurso é oriundo de débitos de empresas fabricantes de bens de informática no Pólo Industrial de Manaus (PIM), depositados no Fundo Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (FNDCT) - na categoria de programação específica do Fundo Setorial para a Amazônia (CT-Amazônia) – e será usado na qualificação de estudantes do ensino médio na área de ciências exatas, na formação de recursos humanos em áreas do conhecimento relacionadas à Tecnologia da Informação, incluindo Ciências da Computação, Eletrônica e Ciência da Informação, e na concessão de bolsas e cobertura de demais despesas visando à fixação de pesquisadores em níveis de mestrado, doutorado e pós-doutorado no Estado.

Para o ministro Sérgio Rezende, a assinatura do documento é um passo importante no processo de consolidação do sistema de C&T no Estado do Amazonas. Rezende aproveitou a oportunidade para destacar o papel essencial da SUFRAMA na condição de agência de desenvolvimento regional. Por seu lado, a superintendente da autarquia, Flávia Grosso, disse que a iniciativa é de extrema relevância, sobretudo por se tratar de um setor estratégico para o desenvolvimento da região, bem como do País.

A gestão e coordenação do ProTI-Amazônia está a cargo do Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior (MDIC) por meio da SUFRAMA. O programa tem como objetivo fortalecer as atividades de pesquisa e desenvolvimento (P&D) em Tecnologia da Informação, incluindo ampliação da capacitação na formação de Recursos Humanos, modernização da infraestrutura de instituições de P&D da Amazônia Ocidental e apoio e fomento a projetos de interesse da Região.

Programação
Ainda como parte da programação da 61ª Reunião Anual da Sociedade Brasileira para o Progresso da Ciência, a SUFRAMA também participará na quarta-feira(15), de uma mesa redonda com o tema “A Pesquisa Científica e a Indústria”. Na ocasião, serão apresentadas as ações da autarquia de estímulo ao Sistema Regional de Ciência Tecnologia e Inovação. A Suframa também vai participar das 15h às 17h, de quinta-feira (16), da SBPC Jovem, mediante realização da oficina “A Suframa e o modelo Zona Franca de Manaus”, cujo objetivo é mostrar os resultados alcançados pelo modelo de desenvolvimento econômico Zona Franca de Manaus. Além desses eventos, durante toda a semana, a SUFRAMA vai expor suas atividades de apoio ao Sistema Regional de Ciência Tecnologia e Inovação no seu estande da Expo T&C, na Ufam.

registrado em: , ,