Você está aqui: Página Inicial > Notícias > Suframa integra 2º Encontro de Comércio Exterior no Acre

Notícias

Suframa integra 2º Encontro de Comércio Exterior no Acre

Evento tem por objetivo impulsionar e incentivar as relações comerciais entre Bolívia, Peru e Brasil, por meio da fronteira com o Acre, o Comitê Acreano da Cultura Exportadora.
publicado: 07/06/2019 14h24 última modificação: 07/06/2019 15h24

Com objetivo de impulsionar e incentivar as relações comerciais entre Bolívia, Peru e Brasil, por meio da fronteira com o Acre, o Comitê Acreano da Cultura Exportadora realiza o 2º Encontro de Comércio Exterior, na sede da Federação das Indústrias do Estado do Acre (Fieac). Iniciado nessa quinta-feira (6), o evento contou com a participação da coordenadora regional de Rio Branco da Suframa, Maria Thereza Alves. A Autarquia também integra a programação do evento nesta sexta-feira (7), com uma apresentação do superintendente adjunto de Operações da Suframa, Luciano Tavares.


O primeiro dia do evento foi dedicado ao público acadêmico, com a presença de universitários dos cursos de Administração e Contabilidade da Faculdade da Amazônia Ocidental (FAAO), que assistiram palestras voltadas ao mercado de trabalho na área de Comércio Exterior, oportunidade de estágios e empreendorismo.


O segundo dia da programação é voltado a empresários, autoridades e representantes de instituições, com extensa programação, com destaque para a entrega do Plano Acreano da Cultura Exportadora às autoridades presentes, e um ciclo de palestras e debates sobre o cenário econômico, desafios e propostas para desenvolvimento das relações comerciais, destacando a importância de também desenvolver os municípios localizados no eixo do Oceano Pacífico.


O superintendente adjunto de Operações, Luciano Tavares, fará duas palestras no evento. A primeira sobre proposta para o regime especial de fronteira – Refront – que pode ser uma alternativa para a questão, e a segunda sobre comércio exterior. “A Suframa, desde 1967, tem uma missão muito importante de promover o desenvolvimento regional e, nesse sentido, nós temos uma legislação específica em incentivos fiscais que trazem ao empresário um diferencial competitivo para que os produtos aqui fabricados tenham melhor condição de ser exportados e assim trazer para a região a riqueza, o emprego e o desenvolvimento”, afirmou.


Além dele, representantes da Federação das Indústrias do Estado de Rondônia (Fiero) irão apresentar sua visão sobre o corredor de exportações por meio do Acre; e o representante da Confederação Nacional da Indústria (CNI), Fabrizio Sardelli Panzini, gerente de Negócios Internacionais, abordará o atual contexto econômico do País. Dentre as representações esperadas, também estarão presentes a Câmara de Comércio e Indústria de Pando (Bolívia) e a Câmara de Comércio de Iñapari (Peru).

registrado em: , ,