Você está aqui: Página Inicial > Notícias > SUFRAMA investe em Turismo Rural no município de Rio Preto da Eva

Notícias

SUFRAMA investe em Turismo Rural no município de Rio Preto da Eva

Para tanto, autarquia está implantando em parceria com a Amazonastur e o Instituto de Desenvolvimento Agropecuário e Florestal Sustentável do Estado do Amazonas projeto-piloto no município.
publicado: 20/03/2008 00h00 última modificação: 25/07/2016 15h46

A Superintendência da Zona Franca de Manaus (SUFRAMA) resolveu apostar no Turismo Rural, atividade em plena expansão no país e cujo objetivo é promover e agregar valor à agricultura familiar. Para tanto, está implantando em parceria com a Empresa Estadual de Turismo (Amazonastur) e o Instituto de Desenvolvimento Agropecuário e Florestal Sustentável do Estado do Amazonas (Idam) projeto-piloto no município de Rio Preto da Eva. O valor do investimento é de R$ 154,5 mil.

O convênio firmado pela autarquia tem a finalidade de promover o ordenamento da atividade turística no município por meio da capacitação de recursos humanos e estruturação de comunidades rurais. A primeira fase prevê o treinamento de 20 funcionários do Instituto de Desenvolvimento Agropecuário e Florestal Sustentável do Estado do Amazonas (Idam) em assistência técnica e extensão rural específica para a área. Também serão realizadas visitas de intercâmbio visando permitir que os técnicos envolvidos no projeto possam conhecer experiências exitosas em outros Estados , além da aquisição de motocicletas para uso no transporte de pessoal e equipamentos.

A escolha de Rio Preto da Eva para implantação do projeto-piloto ocorreu devido às condições propícias que o município dispõe em termos de potencial agroecológico. Segundo o superintendente adjunto de Planejamento e Desenvolvimento Regional da autarquia, Elilde Menezes, o projeto permitirá desenvolver o Plano de Turismo Rural para a Agricultura Familiar no Estado do Amazonas em consonância com o Programa Nacional de Turismo Rural na Agricultura Familiar, lançado pelo governo federal.

A iniciativa contribuirá para incrementar a renda da população do município, bem como resgatar a cultura da vida no meio rural e valorizar os produtos da agricultura familiar. "O Estado tem um enorme potencial para esse segmento e esperamos contribuir com a melhoria da qualidade de vida da população", afirma o superintendente adjunto.

Antes da elaboração do projeto, a Amazonastur realizou diagnóstico para avaliar o cenário turístico no Estado. Dos resultados alcançados, foi possível identificar, por meio de critérios básicos como acesso, atrativos potenciais e equipamentos turísticos, a identificação de todos os municípios com vocação para o segmento. Além de Rio Preto da Eva, foram incluídos na lista de locais com potencialidades para o turismo rural Manacapuru, Iranduba, Novo Airão, Manaus, Presidente Figueiredo, Autazes, Careiro, Tefé e Maués.