Você está aqui: Página Inicial > Notícias > SUFRAMA lança campanha institucional e selo alusivo aos 45 anos do modelo ZFM

Notícias

SUFRAMA lança campanha institucional e selo alusivo aos 45 anos do modelo ZFM

Ação ocorreu após a 255ª Reunião do Conselho de Administração da SUFRAMA.
por Márcio Gallo publicado: 28/02/2012 00h00 última modificação: 28/03/2016 11h30

A Superintendência da Zona Franca de Manaus (SUFRAMA) e o modelo Zona Franca (ZFM) completaram, nesta terça-feira (28), 45 anos de uma iniciativa que se mostrou eficaz, levando desenvolvimento econômico para a Região, aliado à sustentabilidade ambiental com a preservação da floresta em pé.

Para celebrar a ocasião, a SUFRAMA promoveu o lançamento, em parceria com a Empresa de Correios e Telégrafos (ECT), do selo comemorativo alusivo à data, que traz a imagem da fachada da sede da autarquia com a bandeira brasileira tremulando sob o céu azul e a árvore do ipê, com a florada amarela formando o mapa do Brasil. Ao todo, serão produzidas 12 mil unidades, com validade de um ano. Toda correspondência enviada pela sede da SUFRAMA e pelas unidades descentralizadas deve conter o selo.

O evento ocorreu após a 255ª Reunião do Conselho de Administração da SUFRAMA (CAS), no auditório Floriano Pacheco, e contou com a participação de diversas autoridades estaduais, de representantes dos Estados que compõem a área de abrangência da autarquia, além de empresários do Polo Industrial de Manaus (PIM) e representantes das classes trabalhadoras.

A diretora regional da ECT, Luquésia das Dores, considera “os 45 anos da SUFRAMA um evento de extrema importância e grande relevância para o Estado do Amazonas, e a parceria entre a autarquia e a ECT tem contribuído de forma significativa para o desenvolvimento econômico do Estado”.

Para o presidente do Centro das Indústrias do Estado do Amazonas (CIEAM), Wilson Périco, nestes 45 anos a SUFRAMA já enfrentou e superou diversos desafios e, com a possível prorrogação do modelo ZFM, é necessário “consolidar o que temos no Estado e desenvolver novas matrizes econômicas para que o Estado não dependa, principalmente, dos principais polos produtivos do PIM (Eletroeletrônicos e Duas Rodas)”.

O Secretário de Estado da Fazenda do Amazonas (SEFAZ), Isper Abrahim, afirmou que “a SUFRAMA foi um dos projetos mais bem sucedidos já implantados, e a Amazônia muito deve a esta visão geopolítica que demonstra um futuro muito promissor, principalmente na questão ambiental”.

A mesma opinião é compartilhada pelo presidente da Federação das Indústrias do Estado do Amazonas (FIEAM), Antônio Silva, que acrescentou “que esses 45 anos foram de glória, de um modelo exitoso, com faturamento e geração de empregos recordes, contribuindo muito para o desenvolvimento do Estado”.

Com o objetivo de divulgar nacionalmente a importância do modelo ZFM não apenas para a Região, mas para o País, foi lançada também a Campanha Institucional da SUFRAMA. A relevância econômico-social, com a crescente capacidade produtiva do PIM e a consequente geração de empregos, é o principal tema da campanha, que ressalta ainda o fato de que a compra de produtos fabricados na ZFM, e a existência do modelo, é responsável, hoje, pela preservação da Amazônia, uma vez que a oferta de emprego e o tipo de produção de baixo impacto ambiental diminui a pressão sobre a floresta e seus recursos naturais, resultando, por exemplo, na preservação de praticamente toda mata nativa no Amazonas.

registrado em: , ,