Você está aqui: Página Inicial > Notícias > SUFRAMA ministra curso a servidores da Fazenda estadual

Notícias

SUFRAMA ministra curso a servidores da Fazenda estadual

Como parte da programação de aniversário da Zona Franca de Manaus (ZFM), a SUFRAMA realiza, até o dia 2 de março, o Curso de Introdução à Análise de Insumo-Produto.
por Márcio Gallo publicado: 28/02/2018 16h00 última modificação: 02/03/2018 11h06

Como parte da programação de aniversário da Zona Franca de Manaus (ZFM), a SUFRAMA, em parceria com o Sindicato dos Fazendários do Amazonas (Sifam) e a Secretaria de Estado da Fazenda do Estado do Amazonas (Sefaz-AM), realiza, até o dia 2 de março, o Curso de Introdução à Análise de Insumo-Produto. Promovido na sede da Sefaz-AM, o curso visa ao aprimoramento e capacitação dos servidores da Fazenda estadual quanto à Matriz Insumo-Produto (MIP) e da Tabela de Recursos e Usos (TRU) do Sistema de Contas do Brasil, que tem como um dos principais resultados a mensuração do Produto Interno Bruto (PIB) do Brasil, das Unidades da Federação e dos Municípios.

Os instrutores Renato Freitas e Ana Cláudia Monteiro, técnicos da Coordenação Geral de Estudos Econômicos e Empresariais da SUFRAMA, buscam, a partir desta capacitação, estimular a compreensão, a análise e a aplicação das informações e dos agregados macroeconômicos produzidos pelo Sistema de Contas do Brasil e as possibilidades de elaboração de estudos sobre cenários, impactos e planejamento econômico, fiscal e ambiental através do ferramental da Análise de Insumo-Produto.

“A TRU é um instrumento de sistematização dos diversos efeitos socioeconômicos originados nas operações realizadas pelos agentes econômicos de determinada região, enquanto a MIP é o conjunto de informações e elementos numéricos compilados que representam as relações intersetoriais e inter-regionais entre os demais agentes existentes em regiões diversas”, pontua Renato Freitas.

Freitas ainda afirma que “outros possíveis resultados que podem ser gerados pelos instrumentais apresentados são a avaliação de estratégias de diversificação e adensamento da cadeia produtiva local e a estimativa de impactos econômicos, fiscais e ambientais de investimentos dos setores públicos e privados”.

O curso compreende diversos tópicos, tais como entender o determinante histórico, a natureza e a abrangência geográfica dos Sistemas de Contas Nacionais; compreender as dimensões, os produtos e os subprodutos do Sistema de Contas Nacionais do Brasil; entender a mensuração das Contas Regionais do Brasil; entender a sistemática da Tabela de Recursos e Usos (TRU) do Brasil e do Amazonas; e compreender as possibilidades de análises e aplicações da Matriz de Insumo-Produto (MIP) do Brasil e do Amazonas como instrumental de planejamento econômico, fiscal e ambiental.

“Pretendemos lançar um pouco de luz acerca de um assunto tão complexo quanto obscuro para muitos servidores e colaboradores das Instituições de Planejamento, Estatística, Fiscal e Ambiental das Unidades da Federação”, declarou Ana Cláudia.

Além dos servidores da Sefaz-AM, o curso também é acompanhado por representantes do Conselho Regional de Economia do Amazonas (Corecon-AM), Universidade Federal do Amazonas (Ufam), Universidade do Estado do Amazonas (UEA), Centro Universitário Luterano de Manaus (Ulbra-AM), Secretaria de Estado de Planejamento, Desenvolvimento, Ciência, Tecnologia e Inovação (Seplan-CTI) e da própria SUFRAMA.

registrado em: ,