Você está aqui: Página Inicial > Notícias > SUFRAMA participa da posse da nova diretoria do Parlamento Amazônico

Notícias

SUFRAMA participa da posse da nova diretoria do Parlamento Amazônico

A solenidade foi realizada no plenário Deputada Noêmia Bastos Amazonas, na Assembleia Legislativa de Roraima (ALE-RR).
por Layana Rios publicado: 09/08/2017 16h01 última modificação: 09/08/2017 17h06

O superintendente da SUFRAMA, Appio Tolentino, participou nesta quarta-feira (9), em Boa Vista (RR), da solenidade de posse do deputado estadual de Roraima, Coronel Chagas, na presidência do Parlamento Amazônico para o biênio 2017/2018. Também tomaram posse os demais membros da mesa diretora e do conselho fiscal. A solenidade foi realizada no plenário Deputada Noêmia Bastos Amazonas, na Assembleia Legislativa de Roraima (ALE-RR).

A gestão do biênio 2015/2016 foi presidida pelo deputado estadual do Amazonas, Sinésio Campos, que conduziu os trabalhos da posse da nova diretoria.

O Parlamento Amazônico é formado por deputados estaduais dos nove Estados que compõem a Amazônia Legal brasileira: Amazonas, Acre, Amapá, Roraima, Rondônia, Mato Grosso, Pará, Maranhão e Tocantins. O objetivo é buscar alternativas que aliem desenvolvimento sustentável e crescimento econômico para os desafios vivenciados na Amazônia.

O superintendente Appio Tolentino destacou que está trabalhando na criação de um plano de gestão do desenvolvimento econômico da Amazônia Ocidental e Amapá, que deverá descentralizar o foco do Polo Industrial de Manaus, espraiando desenvolvimento a toda a área de abrangência da autarquia.

"Nossa equipe técnica está trabalhando para captar parcerias com as federações das indústrias, academia e governos em todos os Estados de abrangência da SUFRAMA para trabalharmos na construção desse plano. Um dos pontos que podemos trabalhar em conjunto é o fortalecimento da Zona Franca Verde e dos incentivos da Amazônia Ocidental, que dissemina o desenvolvimento para toda a área de atuação da autarquia, impulsionando a economia desses Estados", observou o superintendente Appio Tolentino.