Você está aqui: Página Inicial > Notícias > SUFRAMA prestigia lançamento de Unidade Fluvial de pesquisa

Notícias

SUFRAMA prestigia lançamento de Unidade Fluvial de pesquisa

Embarcação foi construída a partir de recursos federais e possibilitará que sejam realizadas as fiscalizações típicas dos órgãos delegados do Inmetro no âmbito da metrologia legal e da avaliação da conformidade.
por Márcio Gallo publicado: 22/06/2018 00h00 última modificação: 28/06/2018 14h52

A Superintendência da Zona Franca de Manaus (SUFRAMA) prestigiou o evento de inauguração da primeira Unidade Básica Fluvial de Fiscalização e Pesquisa da América Latina, do Instituto de Pesos e Medidas do Estado do Amazonas (Ipem-AM). O superintendente Appio Tolentino se junto ao ministro da Indústria, Comércio Exterior e Serviços (MDIC), Marcos Jorge de Lima, e ao presidente do Instituto Nacional de Metrologia, Qualidade e Tecnologia (Inmetro), Carlos Augusto de Azevendo, durante a solenidade realizada na manhã desta sexta-feira (22), nas dependências do Juruá Estaleiros e Navegação, no distrito de Cacau-Pirêra, em Iranduba (AM). Na ocasião também estavam presentes o superintendente adjunto de Planejamento e Desenvolvimento Regional da SUFRAMA, Marcelo Pereira, o Secretário de Inovação e Novos Negócios do MDIC, Rafael Moreira, o chefe do Inmetro-AM, Márcio Brito, e o deputado federal Silas Câmara.

O ministro do MDIC destacou a satisfação pessoal pela inauguração da embarcação, tendo em vista os ganhos que a iniciativa levará à sociedade local. "A entrega deste barco vai contribuir para o desenvolvimento do Estado e dar garantias à sociedade de que os serviços de qualidade são prestados independente da localidade. É fundamental voltarmos os nossos olhares para as necessidades da região", disse.

A Unidade Básica Fluvial foi construída a partir de recursos federais e possibilitará que sejam realizadas as fiscalizações típicas dos órgãos delegados do Inmetro no âmbito da metrologia legal e da avaliação da conformidade. Além disso, a embarcação será utilizada para desenvolvimento de pesquisa científica básica e aplicada, por meio fluvial.

Estrutura
A embarcação é equipada com laboratórios de preparo de amostras, pré-PCR e pós-PCR (amplificação e análise de DNA e RNA), com capacidade para 250 ensaios por mês, com equipamentos de alta tecnologia.

Assim, será possível realizar, por exemplo, análises de alimentos, insumos amazônicos, qualidade de água da bacia amazônica, solo, minerais, identificação de espécies da fauna e flora regional, qualidade genética e sanitária dos peixes amazônicos comercializados no interior e identificação do agente transmissor da doença de chagas encontrado no açaí.

O superintendente da SUFRAMA, Appio Tolentino, destacou a importância do empreendimento no que tange ao desenvolvimento da região. "Ações que levem importantes benefícios à sociedade nos trazem orgulho, enquanto amazônidas, e têm todo o apoio de entidades públicas e privadas. Parabenizamos todos os envolvidos nesta iniciativa que move todos os agentes públicos", afirmou.

registrado em: , , ,