Você está aqui: Página Inicial > Notícias > SUFRAMA promove modelo ZFM e potencialidades amazônicas em Portugal

Notícias

SUFRAMA promove modelo ZFM e potencialidades amazônicas em Portugal

Autarquia participa, de 7 a 10 de maio, da Feira Internacional do Porto (Exponor).
publicado: 02/05/2008 00h00 última modificação: 22/07/2016 12h35

A Superintendência da Zona Franca de Manaus (SUFRAMA) participa, de 7 a 10 de maio, da Feira Internacional do Porto (Exponor), em Portugal, considerado um dos principais eventos da Europa na área de alimentos. A Feira reúne participantes de várias partes do mundo e está dividida em salões, entre eles os voltados a produtos alimentícios, incluindo aqueles com denominação “gourmet”, exposição de equipamentos para o setor, à indústria hoteleira, embalagens e um salão de vinhos e sobre a enologia.

Por intermédio de seu estande, a autarquia promoverá o modelo ZFM como destino de novos investimentos, a quarta Feira Internacional da Amazônia (FIAM), que ocorre de 10 a 13 de setembro deste ano, além dos produtos regionais. Utilizarão o espaço reservado pela Superintendência para a exposição de produtos alimentícios amazônicos empresas do Estado de Rondônia e Amazonas. São importadores e exportadores, já que o objetivo da missão comercial é promover um maior intercâmbio com Portugal e o continente europeu.

Dados do Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior (MDIC), ao qual a SUFRAMA está vinculada, e reunidos pelo Escritório Regional do Ministério das Relações Exteriores na Região Norte (Erema), revelam que em 2007 o Amazonas exportou US$ 336,3 milhões para Portugal. Desse valor, US$ 101 milhões foram no primeiro trimestre. Na comparação com o mesmo período deste ano, as vendas para o mercado português já são 144,9% maiores nesse início de ano.

Já as importações somaram US$ 2,4 milhões no ano passado. No primeiro trimestre deste ano elas chegaram a US$ 874,9 mil, contra US$ 231 mil no mesmo período do ano anterior. Na pauta de importação, que se mostra crescente pelos números reunidos pelo Erema, estão, principalmente, partes de máquinas e aparelhos amplificadores e de radiofreqüência, vídeo e outros, máquinas e aparelhos mecânicos. O objetivo da missão da SUFRAMA é também abrir mercado para os produtos lusitanos.

A superintendente da Zona Franca de Manaus, Flávia Grosso, foi convidada pela Agência de Desenvolvimento Local de Melgaço (ADM) a fazer palestra sobre o modelo ZFM, seu pólo industrial e as potencialidades da área em que atua, a Amazônia Ocidental (composta pelos Estados do Amazonas, Acre, Rondônia, Roraima) e Amapá. Na oportunidade também conhecerá produtos alimentícios desta região portuguesa. A ADM não tem fins lucrativos e visa o desenvolvimento socioeconômico e turístico de Melgaço.

Delegação
Além dos técnicos da SUFRAMA, do cônsul honorário de Portugal, empresário José Azevedo, fazem parte da delegação que parte de Manaus e Porto Velho representantes das empresas DJM Indústria e Comércio e Fruts of the Amazon, de Rondônia. Do Amazonas estarão no estande da autarquia na Exponor a Bombons Finos da Amazônia, Cayari Agroindustrial, Agrorisa Produtos Alimentícios, Guaranamazon, estas como exportadoras; e ainda a MG Vieira Ltda., do ramo de importação.