Você está aqui: Página Inicial > Notícias > SUFRAMA prorroga concurso público por mais dois anos

Notícias

SUFRAMA prorroga concurso público por mais dois anos

A iniciativa era uma ação que a autarquia já vinha analisando há algum tempo e foi considerada a melhor solução tanto para a SUFRAMA quanto para os candidatos aprovados que se encontram em lista de espera.
por Diego Queiroz publicado: 19/04/2016 17h22 última modificação: 19/04/2016 19h20

A superintendente da SUFRAMA, Rebecca Garcia, encaminhou nesta terça-feira (19) para publicação a portaria que prorroga por mais dois anos o período de vigência do último concurso público realizado pela autarquia. A portaria deverá ser publicada na edição de amanhã do Diário Oficial da União e gerará efeitos a partir de 5 de maio de 2016.

De acordo com a superintendente, a prorrogação do concurso era uma ação que a autarquia já vinha analisando há algum tempo e foi considerada a melhor solução tanto para a SUFRAMA quanto para os candidatos aprovados que se encontram em lista de espera. “O governo federal já sinalizou que dificilmente autorizará a realização de novos concursos, então achamos que seria mais prudente da nossa parte dar nova validade ao concurso para conciliar o interesse maior da Administração, de reforçar seu quadro de pessoal, ao interesse dos candidatos que ainda estão na lista de espera e têm expectativa de serem convocados, caso alguma vaga seja aberta”, afirmou a superintendente.

O concurso em questão teve o resultado final divulgado em maio de 2014, com validade inicial de dois anos. Foram disponibilizadas 241 vagas para cargos de nível intermediário (37) e superior (204), distribuídas entre as cidades de Manaus, sede da SUFRAMA, e ainda Brasileia (AC), Cruzeiro do Sul (AC), Itacoatiara (AM) e Tabatinga (AM), que possuem unidades descentralizadas da autarquia.

A superintendente explicou que, além da possibilidade de reforçar o quadro de pessoal da autarquia com a convocação de candidatos que se encontram na lista de espera, outro desdobramento positivo para a instituição, com a prorrogação do concurso, é o possível atendimento à solicitação de chamamento de excedente de servidores que a autarquia já está finalizando para envio ao Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão (MPOG) até maio.

“Fizemos um estudo que identificou os cargos com candidatos em lista de espera, dentro dos parâmetros legais, e com base nesse levantamento iremos solicitar ao Planejamento que mais 69 vagas possam ser abertas, além das 241 oferecidas no concurso. Se vamos ser atendidos ou não no nosso pleito não depende exclusivamente da nossa vontade, mas ao menos vamos fazer nossa parte e precisamos ter o certame válido para poder efetuar a solicitação”, comentou a dirigente.

Por fim, Rebecca salientou que as ações estratégicas de Recursos Humanos da autarquia buscam seguir direcionamentos dados pelas próprias unidades administrativas quanto às demandas de pessoal e necessidades de força de trabalho. “Temos feito estudos internos frequentes sobre o quadro de profissionais da instituição. Buscamos ouvir todas as unidades administrativas da SUFRAMA para entender a fundo as necessidades de pessoal de todas as áreas e subsidiar nossas estratégias de Recursos Humanos, buscando assim fortalecer os serviços prestados pela instituição”, reforçou a superintendente.