Você está aqui: Página Inicial > Notícias > Suframa realiza visita técnica à empresa incentivada de Cruzeiro do Sul

Notícias

Suframa realiza visita técnica à empresa incentivada de Cruzeiro do Sul

Iniciativa visa a maior aproximação com empresas instaladas no Acre, segundo a coordenadora regional da Autarquia, Maria Thereza Alves.
por Márcio Gallo publicado: 03/09/2019 14h19 última modificação: 03/09/2019 15h36

A Superintendência da Zona Franca de Manaus (Suframa) no Acre, representada por servidores da Coordenação Regional de Rio Branco (CoreRBR) e da Área de Livre Comércio de Cruzeiro do Sul (ALCCS), realizou uma visita técnica, na sexta-feira (30), à planta fabril do Grupo Santos, empresa de alimentos e bebidas fabricante do refrigerante Cruzeirense e dos salgados Meulitos, localizada no Parque Industrial Florestal de Cruzeiro do Sul. A coordenadora da ALCCS, Verônica Costa, e a coordenadora regional em Rio Branco, Maria Thereza Alves, acompanhadas do servidor Paulo Xavier, conheceram o processo fabril da linha de salgadinhos feitos com base em uma mistura de milho e mandioca.

Conforme informou a coordenadora regional Maria Thereza Alves, "a iniciativa da Autarquia é buscar maior aproximação com as empresas instaladas no Acre, especialmente aquelas que são beneficiadas pelos incentivos administrados pela Suframa no Estado. Estamos aqui para estreitar parcerias com os empresários e ouvir suas demandas, para que possamos atuar cada vez mais próximos daqueles que buscam alavancar a economia do País e geram oportunidades à sociedade".

A coordenadora da ALCCS, Verônica Costa, destacou o empenho de empresários e investidores que buscam se instalar em áreas distantes dos grandes centros consumidores do País. "Sabemos do esforço daqueles que têm uma vocação natural ao empreendedorismo e buscamos incentivar e fomentar essa iniciativa. É dessa forma que podemos contribuir para o desenvolvimento de regiões como a nossa, de Cruzeiro do Sul, que conta com os incentivos administrados pela Suframa e é este benefício que propicia um ambiente favorável de negócios e de impactos socioeconômicos positivos", disse.

O proprietário da empresa, Francisco Souza dos Santos Júnior, comentou que a empresa familiar começou suas atividades em 1994, quando a família adquiriu a antiga fábrica de guaraná da região. Cerca de 15 anos depois, além da produção de refrigerante, a empresa diversificou e iniciou a produção de salgadinhos. Júnior afirmou que "a Suframa é o instrumento que viabiliza a criação e manutenção de indústrias em áreas da Amazônia Ocidental". Ele ainda complementou que a empresa "está em expansão para todo o Estado e começaremos, em dois meses, a exportação para a Bolívia e trabalhamos para exportar para o Peru".