Você está aqui: Página Inicial > Notícias > SUFRAMA reativa Telecentro no Cecomiz

Notícias

SUFRAMA reativa Telecentro no Cecomiz

O objetivo do programa é ampliar a cidadania, combater a exclusão digital e a pobreza, visando o fortalecimento do desenvolvimento social auto-sustentável.
publicado: 28/01/2008 00h00 última modificação: 26/07/2016 10h47

A Superintendência da Zona Franca de Manaus (SUFRAMA), em parceria com a Fundação Paulo Feitoza, reativará o programa Telecentro SUFRAMA no Cecomiz. Serão oferecidos cursos gratuitos de informática básica, informática para a terceira idade, empreendedorismo, técnicas de redação, legislação básica da Zona Franca de Manaus (ZFM), entre outros. As matrículas poderão ser feitas até o dia 6 (seis) de fevereiro (quarta-feira), pelo site http://www.suframa.gov.br/telecentro. A partir do dia 11 as inscrições serão feitas no próprio Telecentro, no Cecomiz.

Podem se inscrever quaisquer pessoas a partir de 16 anos de idade. O início das aulas está previsto para 11 de fevereiro e os cursos são voltados, prioritariamente, para cidadãos desempregados ou de renda familiar de um salário mínimo. Os recursos do Telecentro são oriundos do convênio assinado entre a SUFRAMA e a Fundação Paulo Feitoza. No total foram disponibilizados R$ 410.655,23.

O objetivo do programa é ampliar a cidadania, combater a exclusão digital e a pobreza, visando o fortalecimento do desenvolvimento social auto-sustentável, são os principais objetivos do programa Telecentros, que faz parte das ações do Governo Federal voltadas à inclusão digital de brasileiros que ainda não têm acesso à internet.

Segundo a Superintendente da SUFRAMA, Flávia Grosso, "a criação e manutenção do projeto Telecentro SUFRAMA é uma ação direta da autarquia para diminuir a exclusão social e digital, formar cidadãos cônscios de seus direitos e deveres e possibilitar a qualificação do pequeno e microempresário. Esse foco na cidadania é o diferencial do Telecentro SUFRAMA, pois, em geral, os existentes no país se concentram nas áreas de informática e empreendedorismo, direcionando seus cursos, ora para o jovem, ora para o microempresário", explica a superintendente.

Para Ana Rita Janses, coordenadora de informática da SUFRAMA, a importância do Telecentro SUFRAMA para o cidadão está além de combater a exclusão digital, "o programa busca conscientizar os alunos de seus direitos e deveres como cidadãos, além de incluir na grade outros cursos que também facilitam o acesso ao mercado de trabalho".

A decisão de instalar o Telecentro no Cecomiz deve-se à localização estratégica, próxima do distrito industrial, onde há grande concentração de trabalhadores, além de se tratar de um espaço que a autarquia já dispõe, o que significa racionalização de custos com infra-estrutura para a implantação do projeto.

Em 2005, durante a primeira edição do Telecentro SUFRAMA no Cecomiz, cerca de três mil pessoas foram beneficiadas com os cursos de informática e qualificação do trabalhador, superando assim as expectativas da administração da autarquia.

registrado em: , ,