Você está aqui: Página Inicial > Notícias > SUFRAMA recebe visita de diretoria da Fundação Muraki

Notícias

SUFRAMA recebe visita de diretoria da Fundação Muraki

A Fundação Muraki está habilitada como coordenadora do Programa Prioritário de Formação de Recursos Humanos no âmbito do Comitê das Atividades de Pesquisa e Desenvolvimento na Amazônia (Capda).
por Enock Nascimento publicado: 04/07/2017 08h20 última modificação: 04/07/2017 09h25

O superintendente da SUFRAMA, Appio Tolentino, recebeu nessa segunda-feira (03), no gabinete da autarquia, visita de cortesia da diretoria executiva da Fundação de Apoio Institucional Muraki.

A Fundação Muraki foi habilitada como coordenadora do Programa Prioritário de Formação de Recursos Humanos no âmbito do Comitê das Atividades de Pesquisa e Desenvolvimento na Amazônia (Capda). “É uma instituição que já desenvolveu mais de 600 projetos nessa área e tem muito a contribuir com criação de doutorados, mestrados e cursos de especializados voltados para atender às especificidades da nossa região”, salientou o diretor da Muraki, Paulo Adroaldo Alcântara. Também estiveram presentes na reunião os diretores Fernando Moreira e Alexandre Romero.

O superintendente agradeceu a visita e ressaltou que a SUFRAMA planeja estreitar parcerias com as instituições de pesquisas da região em busca de projetos estruturantes para diversificar a economia regional e diminuir a dependência do Polo Industrial de Manaus (PIM). Tolentino destacou a importância estratégica da formação de capital intelectual para o desenvolvimento regional. “Não há como pensar em desenvolvimento a longo prazo sem pensar num projeto estruturante como a capacitação de pessoas para que estejam preparadas para os desafios a que serão expostas”, destacou.

Programa prioritário
Os programas prioritários são conjuntos de projetos estratégicos voltados ao desenvolvimento da Ciência, Tecnologia e Inovação que possuem grande relevância para o desenvolvimento regional. Por meio desses programas, empresas beneficiárias da Lei nº 8.387, de 30 de dezembro de 1991, e aquelas que possuem obrigação de aplicação de recursos em Pesquisa & Desenvolvimento (P&D) estabelecida na definição do Processo Produtivo Básico (PPB) poderão investir em projetos que estejam alinhados com esses temas. Além da Formação de Recursos Humanos, também são programas prioritários Economia Digital e Biotecnologia.

registrado em: , ,