Você está aqui: Página Inicial > Notícias > SUFRAMA recebe workshop sobre Living Labs e Inovação Aberta

Notícias

SUFRAMA recebe workshop sobre Living Labs e Inovação Aberta

A programação do evento inclui palestras nacionais e internacionais, com painéis de debate, estudos de caso e arranjos institucionais.
por Diego Queiroz publicado: 15/10/2008 00h00 última modificação: 19/07/2016 10h21

Líderes de órgãos governamentais, empresas, institutos de pesquisa, universidades e demais entidades que atuam em projetos de pesquisa, desenvolvimento e inovação participarão, nesta quinta-feira, 16, do workshop “Living Labs e a Inovação Aberta: Construindo soluções locais para o mercado global centrado no usuário”.

O workshop, que será realizado no auditório da Superintendência da Zona Franca de Manaus (SUFRAMA), a partir das 9h, é promovido pelo Instituto Nokia de Desenvolvimento Tecnológico (INDT), com apoio da SUFRAMA e da rede Open Living Labs.

A programação do evento inclui palestras nacionais e internacionais, com painéis de debate, estudos de caso e arranjos institucionais. O objetivo principal é divulgar a metodologia Living Labs, que já é utilizada de forma intensiva por países europeus na formulação de políticas públicas para as áreas de pesquisa e inovação, bem como identificar oportunidades em potencial para a implantação da ferramenta em Manaus.

Haverá ainda a apresentação institucional da Rede Européia de Living Labs (ENoLL), com participação do presidente da instituição e diretor de pesquisa da Nokia, o finlandês Veli Pekka-Niitamo.

Living Lab
O sistema de Living Lab constitui-se em uma forma emergente de inovação aberta que tem ganhado força nos últimos anos principalmente no continente europeu. A ferramenta baseia-se principalmente no envolvimento dos usuários finais ou cidadãos como agentes ativos desde o início do processo de criação de novos produtos, serviços e infra-estrutura social. A participação dos usuários nas fases embrionárias dos projetos tem sido apontada, inclusive, como um dos principais fatores para os resultados expressivos que a ENoLL vem obtendo em seus mais de 50 projetos experimentais em desenvolvimento na Europa.