Você está aqui: Página Inicial > Notícias > SUFRAMA tem balanço positivo da FIAM 2015

Notícias

SUFRAMA tem balanço positivo da FIAM 2015

Realizada entre os dias 18 e 21 de novembro, evento atingiu as expectativas da organização quanto à participação de público, geração de negócios, disseminação de conhecimentos e promoção de produtos e serviços da Amazônia.
por Layana Rios publicado: 25/11/2015 11h00 última modificação: 26/01/2016 16h31

Com o tema “FIAM 2015. Invista no Futuro. Agora”, a oitava edição da Feira Internacional da Amazônia (FIAM), promovida pelo Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior (MDIC), por meio da Superintendência da Zona Franca de Manaus (SUFRAMA), atingiu as expectativas da organização quanto à participação de público, geração de negócios, disseminação de conhecimentos e promoção de produtos e serviços da Amazônia.

A Rodada de Negócios Internacionais, organizada pelo Serviço de Apoio às Micro e Pequenas Empresas do Amazonas (Sebrae/AM) em parceria com a autarquia, contabilizou US$ 17 milhões (R$ 64,6 milhões) em negócios, entre contratos imediatos e negociações para curto e médio prazo. O montante está de acordo com previsões da SUFRAMA, que, mesmo diante do cenário de dificuldades econômicas em todo o País, tinha como meta repetir o desempenho da Rodada de Negócios da FIAM 2013 (US$ 17.6 milhões). Nesta edição, participaram da Rodada, em 305 reuniões, 77 empresas amazônicas ofertantes de produtos com matéria-prima regional e 22 empresas de grande porte na condição de compradoras, oriundas de outros Estados brasileiros e países da América do Norte, Europa, América Latina e África. Foram demandados, principalmente, o artesanato regional, produtos fitoterápicos e fitocosméticos, móveis e artefatos de madeira, frutas regionais (in natura, compotas e polpa), pescado, alimentos e bebidas (doces, biscoitos e licores), extratos e óleos vegetais, corantes naturais e ervas medicinais e aromáticas.

Durante os quatro dias da Feira – realizada entre os dias 18 e 21 de novembro – 64,5 mil pessoas circularam nos três pavilhões (Maior, Plenária e Amazônico), conhecendo tanto as novidades produzidas pelas empresas do Polo Industrial de Manaus (PIM) quanto o trabalho de fundações, institutos de pesquisa, federações, órgãos governamentais, bancos, países e Estados da área de abrangência da SUFRAMA, dispostos entre os 382 expositores do evento. A visitação de público teve incremento de 16% nesta edição em relação à FIAM 2013, quando aproximadamente 55 mil pessoas passaram pelos espaços de exposição.

A Feira também contabilizou a participação de 2.157 pessoas na Jornada de Seminários Internacionais, integrante da programação técnico-científica da FIAM 2015. Ao todo, foram realizados 15 seminários sobre temas estratégicos – como turismo, inovação tecnológica, competitividade, logística, comércio exterior, interiorização do desenvolvimento e setor primário, entre outros – focados no desenvolvimento da Amazônia. Esses números praticamente dobram o resultado obtido na Jornada de Seminários da FIAM 2013, quando foram realizados oito seminários com cerca de 1.200 participantes.

De acordo com a superintendente da SUFRAMA, Rebecca Garcia, os dados demonstram o êxito da FIAM 2015 e refletem a disposição da região em inovar e se superar na busca pela retomada do crescimento econômico. “Nós vivemos um momento diferenciado na economia do nosso País e, ainda assim, tivemos um evento de muito sucesso, que correspondeu a todas as nossas expectativas e, em alguns casos, até mesmo as superou. A realização da feira foi importante justamente para demonstrar a resistência do modelo Zona Franca de Manaus à crise”, afirmou.

registrado em: , , , ,