Você está aqui: Página Inicial > Notícias > SUFRAMA visita polo de tecnologia da Itália

Notícias

SUFRAMA visita polo de tecnologia da Itália

Iniciativa visa a ampliar a troca de experiência em inovação e incubação de empresas.
publicado: 30/11/2012 16h20 última modificação: 10/03/2016 10h16

Para ampliar a troca de experiência em inovação e incubação de empresas, uma comitiva formada por representantes da Superintendência da Zona Franca de Manaus (SUFRAMA) e do Governo do Amazonas esteve, durante esta semana, no Polo Tecnológico Navacchio, na Itália, onde a agenda incluiu visitas a instituições nas áreas de ciências farmacêuticas, biotecnologia, mecânica, química, robótica, entre outros. A comitiva, que chegou na Europa na última segunda-feira, fica na Itália até domingo, com reuniões e visitas técnicas ao Polo de TIC, Robótica, Energia, Meio Ambiente e Microeletrônica e também ao Parque Toscana Ciências da Vida-Farmaceutica, Biotecnologia/Ciência da Vida e ao Pont-Tech Mecânica - Química de Polímeros.

O superintendente da SUFRAMA, Thomaz Nogueira, em entrevista a jornais locais, como “Il Tirreno” e “La Nazione”, destacou que o Amazonas, com uma área quatro vezes maior que a Itália, tem 98% de sua floresta intacta, ao mesmo tempo que possui um parque industrial capaz de atender praticamente 100% da demanda brasileira por produtos industrializados de duas rodas e televisores. “De forma sustentável, o Polo Industrial de Manaus (PIM) pode ser a ‘porta de entrada’ para as pequenas e médias empresas, de alto conteúdo tecnológico, acessarem o mercado brasileiro”.

Em 26 de março de 2009, a SUFRAMA assinou uma Carta de Intenções com a Secretaria de Ciência e Tecnologia (SECT), o Serviço de Apoio às Micro e Pequenas Empresas do Amazonas (SEBRAE/AM) e o Polo Navacchio para a elaboração de um “Projeto de Desenvolvimento de Sistemas Empresariais de Gestão e Inovação Tecnológica em Incubadoras no Estado do Amazonas”. O objetivo é obter benefícios recíprocos para o desenvolvimento econômico e produtivo destes sistemas, especialmente os que demandam forte componente tecnológico e inovador. Posteriormente, a Fundação Centro de Analise, Pesquisa e Inovação Tecnológica (Fucapi) e a Unidade de Atendimento, Inovação e Tecnologia (UAIT) aderiram ao Projeto, para desenvolver sistemas de gestão e inovação tecnológica em incubadoras no Amazonas. A ideia é culminar na criação de uma “Rede de Incubadoras de Empresas”, em Manaus.

No atual estágio do acordo, já foi elaborado o mapeamento das incubadoras da capital amazonense e o treinamento de pessoal em Navacchio. Após a visita da comitiva brasileira, esta semana, uma comitiva italiana deve conhecer o Polo Industrial de Manaus, em dezembro, para intensificar a colaboração com o modelo Zona Franca.

registrado em: , , ,