Você está aqui: Página Inicial > Notícias > Superintendente da SUFRAMA comenta recentes notícias sobre a Semp Toshiba

Notícias

Superintendente da SUFRAMA comenta recentes notícias sobre a Semp Toshiba

Adequação de pessoal da empresa levou autarquia a verificar informações de produção.
por Márcio Gallo publicado: 31/01/2012 00h00 última modificação: 28/03/2016 16h47

Na manhã desta terça-feira (31), o superintendente da SUFRAMA, Thomaz Nogueira, falou sobre as recentes demissões feitas pela empresa Semp Toshiba no Polo Industrial de Manaus (PIM).

Thomaz comentou que nenhuma empresa tem obrigação legal de informar à SUFRAMA que vai alterar o quadro de funcionários, e que isso não influencia decisivamente na suspensão dos benefícios concedidos pelo modelo Zona Franca de Manaus (ZFM), contanto que a empresa mantenha os níveis de produção previamente estabelecidos no projeto aprovado pelo Conselho de Administração da Suframa (CAS). “Havendo a produção, há o benefício previamente estabelecido. Mas, de toda forma, ela tem um compromisso mínimo de geração de empregos, de acordo com o que foi aprovado no projeto, e isso é regra geral”, destacou.

O superintendente entrou em contato com a empresa para verificar se houve alguma alteração fundamental no processo produtivo ou se é apenas um ajuste, e foi informado que o processo de adequação de pessoal da Semp Toshiba foi devido à sazonalidade, e que já está concluído.

A contratação de mão de obra temporária para reforçar a produção industrial de fim de ano, período que requer mais trabalhadores nas indústrias, geralmente sofre um ajuste, por parte das indústrias, nos meses subsequentes. Segundo o superintendente, nos meses de dezembro e janeiro de cada ano há um movimento que representa redução na mão de obra temporária. “Por exemplo, em 2010 tivemos uma situação onde o ano se iniciou com 96 mil funcionários no Distrito Industrial, chegando a um pico de 112 mil. Em 2011, as empresas do PIM empregavam 110 mil pessoas e alcançaram um total de 126 mil. O próprio setor de eletroeletrônicos cresceu neste período a uma taxa expressiva, saindo de 41 mil para um total de 50 mil, o que significa um aumento de 21%”, ressaltou Thomaz.

O superintendente frisou que a SUFRAMA vai permanecer acompanhando o caso e lembrou que “em janeiro de 2011, a Semp Toshiba tinha 2.040 funcionários, chegando ao pico de 2.600 em outubro. Com essas demissões, ela fica com 2.005 funcionários, dentro de um patamar aceitável. Eu sei que isso para as famílias é extremamente inconveniente, mas ainda é bastante superior ao projeto inicial”.

Thomaz Nogueira ressaltou ainda que, no ano passado, o saldo de empregos foi positivo. “Se formos considerar o Polo Industrial, tivemos 44 mil demissões no exercício de 2011. Assim, tivemos 61 mil admissões, o que representa um saldo positivo de 16,5 mil novos empregos no Polo Industrial de Manaus”, completou.

registrado em: , ,