Você está aqui: Página Inicial > Notícias > Superintendente destaca importância da reunião do GMC em Manaus

Notícias

Superintendente destaca importância da reunião do GMC em Manaus

"É a oportunidade que nós temos de mostrar para todos esses países o nosso modelo de desenvolvimento de sucesso”, disse Flávia Grosso.
publicado: 30/09/2010 00h00 última modificação: 29/04/2016 15h35

Em entrevista à radio CBN Manaus, a superintendente da Zona Franca de Manaus (SUFRAMA), Flávia Skrobot Barbosa Grosso, comentou sobre a importância da realização da reunião do Grupo Mercado Comum (GMC), que reúne em Manaus diplomatas e altos funcionários dos Estados Parte do Mercosul e Venezuela, e a honra de sediar, prestigiar e colaborar com o Ministério das Relações Exteriores e com o Brasil que está com a Presidência Pro –Tempore do Mercosul. Segundo a superintendente, “trazer para Manaus todos os países que compõem o Mercosul, mais a Venezuela que está se integrando ao Bloco, e no caso desta reunião os países do Caribe, é uma forma de reconhecer a importância do modelo Zona Franca de Manaus e da própria capital amazonense para a região. É a oportunidade que nós temos de mostrar para todos esses países o nosso modelo de desenvolvimento de sucesso”.

Ainda de acordo com Flávia Grosso, “só não respeita a Zona Franca quem não a conhece, daí porque o encontro representa uma oportunidade para gerar conhecimento real sobre as demandas do polo”. Flávia acredita que a partir do conhecimento que eles vão ter do modelo, as demandas apresentadas pelo Polo Industrial de Manaus e pela Superintendência da Zona Franca de Manaus terão melhor apreciação, serão melhor compreendidas e melhor aceitas.

O GMC é o órgão decisório executivo responsável por fixar os programas de trabalho e negociar acordos com terceiros em nome do MERCOSUL, por delegação expressa do Conselho do Mercado Comum do Sul - CMC (órgão supremo do MERCOSUL). A reunião, que teve início no dia 29 de setembro, se encerra no dia 1 de outubro.