Você está aqui: Página Inicial > Notícias > Violência contra a mulher é debatida pela SUFRAMA na Aleam

Notícias

Violência contra a mulher é debatida pela SUFRAMA na Aleam

Superintendente Rebecca Garcia chamou a atenção para todos os tipos de violência que atingem as mulheres e afirmou que esses atos devem ser combatidos diariamente.
por Márcio Gallo publicado: 24/11/2016 17h25 última modificação: 24/11/2016 19h30

Durante a Sessão Especial sobre os “16 dias de ativismo pelo fim da violência contra as mulheres”, realizada nesta quinta-feira (24), no Plenário Ruy Araújo da Assembleia Legislativa do Estado do Amazonas (Aleam), a titular da Superintendência da Zona Franca de Manaus (SUFRAMA), Rebecca Garcia, chamou a atenção para todos os tipos de violência que atingem as mulheres e afirmou que esses atos devem ser combatidos diariamente.

Rebecca ressaltou que “não se quer combater apenas a violência física, que é a mais comentada por ser a mais evidente, mas devemos lembrar que há outros tipos de violência que impedem um grande número de mulheres de assumirem cargos de chefia, de receberem o mesmo salário que homens que exercem a mesma função. Todo tipo de violência faz parte do nosso combate”.

A superintendente disse, ainda, que “a SUFRAMA tem um papel fundamental no debate deste tema principalmente no que diz respeito às mulheres que estão trabalhando no Polo Industrial de Manaus, que representam grande parte da mão de obra das empresas incentivadas, sendo muitas vezes chefes de família que estão empregadas no Polo e são vitimizadas pelo preconceito e pelo simples fato de serem mulheres”.

Durante a Sessão Especial, proposta pelos deputados estaduais José Ricardo Wendling (PT-AM) e Alessandra Campelo (PMDB-AM), houve ainda a entrega de certificados a mulheres que buscam combater a violência no Estado e lutam pelos seus direitos.

Origem
A campanha “16 dias de ativismo pelo fim da violência contra as mulheres” iniciou em 1991, com mulheres de diferentes países reunidas pelo Centro de Liderança Global de Mulheres (Center for Women’s Global Leadership – CWGL/EUA). No Brasil, a ação foi realizada pela primeira vez em 2003 e, neste ano, a iniciativa será realizada em todo o País entre os dias 20 de novembro e 10 de dezembro.